Cadeiras e Bancos antichamas

Mobiliário – Cadeiras e bancos ANTI-CHAMA.

PARA MELHOR ENTENDIMENTO, SAIBA O QUE É UM AMBIENTE CONTROLADO ANTICHAMAS 

A cadeira do vídeo  é uma cadeira anti-chama com assento e encosto modelo WDA – Assento e Encosto Golden injetado em poliuretano ANTI CHAMA certificado.

Em nosso caso, podemos oferecer  cadeiras e bancos anti-chama onde temos:

  • As espumas de poliuretano nos assentos e encostos que podem ser  revestidos com tecido anti-chama. 
  • As espumas são injetadas de poliuretano – PU com acabamento final Integral Skin ou pele integral sem revestimento com aditivo anti-chama.
  • Substituição de todos os plásticos em geral que compõe uma cadeira como bases, alavancas, capas, acabamento, rosetas ou manípulos todos combustíveis.
  • Cadeiras e bancos totalmente em INOX AISI 304 ou com assento e encosnto em material anti-chama.

Material anti-chama – explicação:

Um material anti-chama é um material que que possui características especias que resiste à propagação de chamas. É muito utilizado em instalações elétricas, indústria, aeronáutica e outras áreas para aumentar a segurança em caso de incêndio.
Isso pode ser conseguido através da incorporação de aditivos químicos especiais ou tratamentos térmicos. Este tipo de materiais é comumente usado em aplicações de construção, indústria e transporte

Antichama ou anti-chama? O uso correto desta palavra é anti-chama.
Após o acidente grave do avião da Varig que caiu em Orly, o mundo todo começou a dar mais atenção aos materiais que compõem um escritório, um avião ou uma sala. Passou-se a escolher, determinar e exigir materiais que não propaguem gases tóxicos e não propaguem chamas, ou retardem a chama.
Isso não significa que não entrem em combustão, ou não peguem fogo.

Há materiais que não propagam fogo e são resistentes a chama como os aramida ou mais conhecido como “Kevlar” (Dupont ) e seus compostos. Estes, além de não queimarem são obviamente anti-chama.

Outra opção é revestir os assentos e encostos de espuma de poliuretano anti-chama com couro. O Couro é anti-chama por natureza.

Há corporações que exigem que todo e qualquer material que esteja no interior de suas estações sejam anti-chama como para o atendimento à NBR 13231/2015 “Proteção contra Incêndios em subestações elétricas”.
Há outras que limitam alguns ambientes, algumas salas, até por força de suas Normas Específicas.

Algumas das aplicações comuns incluem:
– Construção: Materiais anti-chama são comumente utilizados em estruturas de construção, como paredes, tetos e divisórias, para impedir a propagação de chamas.
– Transporte: Materiais anti-chama são usados em veículos, navios e aviões para proteger as pessoas e os bens em caso de incêndio.
– Indústria: Materiais anti-chama são utilizados em instalações industriais, como refinarias, usinas e fábricas, para proteger as pessoas e os bens.
– Vestuário de Proteção: Roupas e equipamentos de proteção são feitos com tecidos anti-chama para proteger os trabalhadores em ambientes de risco.
– Móveis: Móveis, estofados, revestimentos são tratados com materiais anti-chama para evitar a propagação de chamas.
Eletrônicos: Materiais anti-chama são usados em equipamentos eletrônicos, como computadores e dispositivos de armazenamento, para protegê-los de danos em caso de incêndio.
– Postos de trabalhos: Matérias anti-chama são especificados e determina que o mobiliário das salas deve atender a inflamabilidade dos materiais – anti-chamas.

 

Informações técnicas:

1.Conceitos básicos de segurança contra incêndio.
A segurança contra incêndio é um dos tópicos abordados mais importantes na avaliação e planejamento da proteção de uma coletividade. O termo “prevenção de incêndio” expressa tanto a educação pública como as medidas de segurança contra incêndio em um edifício.
A implantação da prevenção de incêndio se faz por meio das atividades que visam a evitar o surgimento do sinistro, possibilitar sua extinção e reduzir seus efeitos antes da chegada do Corpo de Bombeiros Militar. As atividades relacionadas com a educação consistem no preparo da população por meio da difusão de idéias que divulgam as medidas de segurança para evitar o surgimento de incêndios nas ocupações. Buscam, ainda, ensinar os procedimentos a serem adotados pelas pessoas diante de um incêndio, os cuidados a serem observados com a manipulação de produtos perigosos e também os perigos das práticas que geram riscos de incêndio.

2.A Constituição Federal expressa:
O Estado pode legislar concorrentemente com a União, a respeito do Direito Urbanístico, na área de prevenção de incêndios (art. 24, inciso I). “Aos Corpos de Bombeiros, além das atribuições definidas em Lei, compete a execução das atividades de Defesa Civil (art. 144, § 5º)”.

3.Recomendamos a leitura o estudo sobre proteção de incêndios em edifícios: em conformidade com a NBR 15575/2013.

4.Para cada item, para cada material há uma Norma Técnica que cobre suas propriedades, suas utilizações, suas aplicações e dentre elas a determinação da obrigatoriedade de algum material ter propriedades anti-chama.
A NBR 13231/2015 “Proteção contra Incêndios em subestações elétricas” é uma das mais rígidas em termos de edificação e a mesma determina que o mobiliário das salas deve atender a inflamabilidade dos materiais, isto é anti-chama.
A seguir o trecho dessa Norma 6.10.1

Norma NBR 13231/2015 - 6.10.1

Exemplo de cadeira anti-chama que a MundoErgonomia ofereceu a um de seus clientes:

Em atendimento à NBR 13231/2015 “Proteção contra Incêndios em subestações elétricas” a qual determina que o mobiliário das salas deve atender a inflamabilidade dos materiais, antichamas, todos os componentes plásticos, como nylon, polipropileno e poliéster, como capa externa da base (estrela) , capas e alavancas dos mecanismos foram retirados e substituídos por componentes em aço carbono ou aço inox.
Quantos aos assentos e encostos, foram estudados algumas opções e optado por:

Assento e Encosto Golden WDA Poliuretano: Assento e encosto injetados e, espuma de poliuretano com pele integral, (“Integral Skin”) confeccionada com matéria-prima Dow Química. Alem de serem anti-chama ( com Laudo disponível ) são higienizáveis e muito confortáveis.

Os modelos atendem aos requisitos da norma 9178:2003 referente a flamabilidade. As mesmas não propagam chama ( flame retardant ou anteflam ou anti-chama).

Toda matéria prima e acessórios são identificados na origem para eventual rastreamento “tracing” e emitido Laudo Ergonômico – NR 17 por Engenheiro Mecânico e de Segurança do Trabalho e Ergomomista, com o devido recolhimento de ART mencionando o número da nota fiscal de compra.

As espumas atendem aos requisitos da norma 9178:2003 referente a flamabilidade. As mesmas são auto-extinguíveis; Anti-chama ou antiflam.

ALGUNS MODELOS ANTICHAMA

LANÇAMENTOS – MODELOS TOTALMENTE ANTI CHAMAS

ENTRE NA FOTO E VEJA O VIDEO
ENTRE NA FOTO E VEJA O VIDEO EXPLICATIVO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!