EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish

Linha revestida

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Assentos em Geral como Cadeiras ou Bancos ESD precisam ter condições que não gerem ou CONDUZEM eletricidade estática.

Veja os dois modelos com tecido dissipativo ou tecido condutivo. 

Linha cadeiras revestidas

Assentos em Geral como Cadeiras ou Bancos ESD precisam ter condições que não gerem ou conduzem eletricidade estática.

A eventual eletricidade estática, por ventura criada, deseja-se que seja imediatamente conduzida à rede de terra.

Atendem à ABNT e à NR 17 revestida de tecido 100 % poliéster em duas modelos: 

-Tecidos dissipativos, isto é, não geram eletricidade estática. 

-Tecidos condutivos esto é conduzem eletricidade estática através de bornes e cabos. 

Primeiro tipo: Bancos e ou cadeiras revestidos com tecido dissipativo 

As cadeiras e bancos são revestidas de tecido dissipativo em toda a sua extensão, isto é, atras do encosto e SOB assento. Recomendamos não usar braços e ou bases de material de origem plástica. Podemos prover braços e apoia braços metálicos.

Recomendamos base com pés fixos ou rodízios metálicos ESD condutivos ou dissipativos.    

A princípio, qualquer cadeira ou banco de nossa produção, desde que possa ser revestida no encosto, atrás do encosto, no assento e sob o assento pode ser cotada.

Enfim, flexibilidade, adaptabilidade, customização: Você projeta, escolhe, determina o que quer com várias opções de custos. Não trabalhamos com estoque. As cadeiras serão fabricadas para sua necessidade e escolha.

Os modelos obedecem à NR 17 e seus anexos, a ABNT, e TODA a linha possui laudos técnicos assinados por engenheiro mecânico e de segurança do trabalho com larga experiência. Laudos que podem ser mostradas às autoridades sem constrangimento.

Modelo de cadeira Sugerido:

CADEIRA GOLDEN CHAIR FLEX MODELO HO21 ESD

Medidas do Encosto: espessura: 45 mm x Altura: 360 mm x largura 410 mm.

Medidas do Assento: espessura: 35 mm x Profundidade: 430 mm x largura 460 mm.

Espaldar: Médio Executivo

Mecanismo: Back System II ou outro como o “L” duas rosetas

Base: Aço diâmetro 590 mm sem capa de plástico ou alumínio  

Pés fixo: 4 unidades em NYLON e 1 unidades em aço INOX.

Revestimento: Crepe com tratamento Antiestático dissipativo.

Sem braço.

Não usamos tecido comum processado por spray ESD, pois sua duração é de poucas semanas e não há evidência científica.

Mecanismos sugeridos

MECANISMO – Back System II    

Back System II Heavy Duty Contato Permanente – Inclinação do encosto ponto a ponto com travamento a qualquer ponto.  Uma alavanca para a inclinação do encosto e outra para a deflexão do pistão. Uma conexão elétrica entre o encosto e o mecanismo está sendo proposta nesse projeto. Uma outra conexão entre o mecanismo e a coluna e por sua vez à base também está sendo proposta.

Mecanismo L2 Rosetas- 

O Mecanismo é o componente fundamental nos movimentos das cadeiras para ajustar- se ergonomicamente ao biótipo do usuário e permitir a posição mais adequada para a execução das diferentes tarefas diárias. Permite regulagem de altura para o Assento através de uma alavanca localizada na parte inferior. Encosto com regulagem de profundidade e regulagem de altura com deslocamento de 11 cm através de rosetas.

Bases:

Aço sem capa

Alumínio polido

Bases para assegurar o contato elétrico com diâmetro de 590 mm para série baixa e 690 mm para série alta.

Quatro Deslizadores em Nylon e 1 deslizador em aço Inox com altura útil de 63 mm.

Obs.: Um borne com porca adicional será assegurada no pé em aço inox para eventual conexão do mesmo com a rede de terra.

Corrente conectada ao borne da base para se deixar encostar no piso.

Rodetes em PVC. Dureza: 80 Shore A. (-10ºC a + 50ºC).

Garfo: estrutura em nylon poliamida reforçada com fibra de vidro. Eixo da roda rebitado.

Diâmetro 3 polegadas ou 75mm.

Altura sobe cerca de 1,25 cm em relação a rodízios de 50mm.

Disponíveis dissipativos ou condutivo

Alturas e cursos sugeridos

HO21A.ESD01: Altura Mínima 410 mm x Altura Máxima 540 mm -SEM ARO

HO21B.ESD07: Altura Mínima 520 mm x Altura Máxima 620 mm – COM ARO

HO21B.ESD05: Altura Mínima 590 mm x Altura Máxima 850 mm- COM ARO

Segundo tipo: Bancos e ou cadeiras revestidos com tecido condutivo

As cadeiras e bancos são revestidas de tecido condutivo em toda a sua extensão, isto é, atras do encosto e SOB assento. Recomendamos não usar braços e ou bases de material de origem plástica. Podemos prover braços e apoia braços metálicos.

Recomendamos base com pés fixos ou rodízios metálicos ESD condutivos ou dissipativos.   

A princípio, qualquer cadeira ou banco de nossa produção, desde que possa ser revestida no encosto, atrás do encosto, no assento e sob o assento pode ser cotada.

Enfim, flexibilidade, adaptabilidade, customização: Você projeta, escolhe, determina o que quer com várias opções de custos. Não trabalhamos com estoque. As cadeiras serão fabricadas para sua necessidade e escolha.

Os modelos obedecem à NR 17 e seus anexos, a ABNT, e TODA a linha possui laudos técnicos assinados por engenheiro mecânico e de segurança do trabalho com larga experiência. Laudos que podem ser mostradas às autoridades sem constrangimento.

Modelo de cadeira Sugerido:

CADEIRA GOLDEN CHAIR FLEX MODELO HO21 ESD

Medidas do Encosto: espessura: 45 mm x Altura: 360 mm x largura 410 mm.

Medidas do Assento: espessura: 35 mm x Profundidade: 430 mm x largura 460 mm.

Espaldar: Médio Executivo

Mecanismo: Back System II

Base: Aço diâmetro 590 mm sem capa ( para evitar plástico ) ou alumínio 

Pés fixo: 4 unidades em NYLON e 1 unidades em aço INOX.

Revestimento: Tecido especial condutivo

Sem braço.

Não usamos tecido comum processado por spray ESD, pois sua duração é de poucas semanas e não há evidência científica.

Revestimento: Tecido produzido em tecido com propriedade antiestática. Peso: +-109g/m².

Composição: 96,50 % Poliéster 03.50% Carbono CONDUTIVO, Resistência vertical e Resistividade da superfície de acordo com ISO 11611/2015 para soldagem e EN11049-5 para Anti-estática.

A Cadeira será equipada com:

Conexão elétrica entre o assento e encosto, através de cabo de interligação ESD e conexão entre o assento e a base metálica.

Base metálica possui borne de contato para que seja conectado cabo à rede de terra.

Uma corrente flexível metálica de alumínio fixado a base é deixada repousar ao piso para descarga e principalmente se o piso for condutivo.  E ainda um pé metálico. 

Caso seja adotado rodízios, os mesmos serão ESD dissipativos ou condutivos e o aterramento é assegurado pela corrente e ou borne da base além dos rodízios se forem condutivos sobre piso condutivo.

Objetivo é sempre com segurança assegurar a possibilidade de descarregamento elétrica com qualquer tipo de eletricidade estática à rede de terra.

Sem braço ou podemos estudar braços metálicos.

Mecanismos sugeridos

MECANISMO – Back System II    

Back System II Heavy Duty Contato Permanente – Inclinação do encosto ponto a ponto com travamento a qualquer ponto.  Uma alavanca para a inclinação do encosto e outra para a deflexão do pistão. Uma conexão elétrica entre o encosto e o mecanismo está sendo proposta nesse projeto. Uma outra conexão entre o mecanismo e a coluna e por sua vez à base também está sendo proposta.

Mecanismo L2 Rosetas- 

O Mecanismo é o componente fundamental nos movimentos das cadeiras para ajustar- se ergonomicamente ao biótipo do usuário e permitir a posição mais adequada para a execução das diferentes tarefas diárias. Permite regulagem de altura para o Assento através de uma alavanca localizada na parte inferior. Encosto com regulagem de profundidade e regulagem de altura com deslocamento de 11 cm através de rosetas.

Bases:

Aço sem capa

Aluminio

Bases para assegurar o contato elétrico com diâmetro de 590 mm para série baixa e 690 mm para série alta.

Alumínio polido recomendado

Quatro Deslizadores em Nylon e 1 deslizador em aço Inox com altura útil de 63 mm.

Obs.: Um borne com porca adicional será assegurada no pé em aço inox para eventual conexão do mesmo com a rede de terra.

Corrente conectada ao borne da base para se deixar encostar no piso.

Garfo: estrutura em nylon poliamida reforçada com fibra de vidro. Eixo da roda rebitado.

Diâmetro 3 polegadas ou 75mm.

Altura sobe cerca de 1,25 cm em relação a rodízios de 50mm.

Disponíveis dissipativos ou condutivos

Quantidades mínimas requerida

Alturas sugeridas

Para atender bancada de até 700 mm – Sem aro. Altura em relação ao solo Mínima 410 mm x máxima 540 mm

HO21.P09 Sem Braços SEM ARO

Para atender bancada de até 750 mm – Sem aro. Altura em relação ao solo Mínima 470 mm x máxima 570 mm

HO21.P24 Sem Braço

LINHA ALTA – COM ARO

Para atender bancada de até 800 mm- Altura em relação ao piso: Mínima 520 mm x máxima 620 mm

HO21.P15 com aro

Para atender bancada de até 900 mm- Altura em relação ao piso Mínima 610 mm x máxima 740 mm

HO21.P21 com aro

Para atender bancada de até 1000 mm-Altura em relação ao piso: Mínima 580 mm x máxima 840 mm

HO21.P26 com aro

Para atender bancada de até 1000 mm-Altura em relação ao piso: Mínima 580 mm x máxima 840 mm

RESTE MODELO FOI TESTADO POR INDUSTRIA BRASILEIRA EM SEUS LABORATÓRIOS E FOI APROVADO! 

Alertamos que para atender o requisito mais rígido das Normas ESD não basta revestir uma cadeira com tecido ESD, é necessário, sempre, se verificar a  Norma ANSI-ESD-S20-20

Saiba o que e quando testar com o  ESD_Control_Program_Verification

Nota: A Norma ESD para trabalhos em circuitos elétricos sugere e exige uma resistência maior do que zero a fim de proteger o usuário em casos de contato emergencial com a rede.