EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Assento e encosto em plástico de engenharia

   

O nome Plástico é derivado da palavra grega plastikos, que significa capaz de ser moldado. Os materiais plásticos consistem em moléculas de cadeia longa (polímeros) e podem ser disponibilizados em várias cores ou na forma transparente.
Os plásticos de engenharia fazem parte de um segmento inovador e promissor para a indústria de transformação do plástico. São resinas com propriedades superiores às commodities, pois são materiais mais estáveis em aplicações que exigem maior resistência mecânica, térmica, à tração de ruptura, química e às intempéries.
Os plásticos são materiais, fáceis de processar, duráveis, eletricamente e termicamente isolantes e resistentes, corrosão, produtos químicos e água. As propriedades dos materiais podem ser alteradas com a fabricação de compostos especiais.
Os plásticos de engenharia são um grupo de materiais plásticos com melhores propriedades mecânicas e/ou térmicas do que os plásticos comerciais mais amplamente utilizados (como PVC, polipropileno e polietileno).
Os plásticos de engenharia oferecem as seguintes propriedades:
Alta resistência mecânica;
Ótima usinabilidade e estabilidade dimensional;
Boa resistência química;
Boa resistência a desgaste;
Versatilidade de forma e tamanho;
Aplicações em variadas temperaturas, podendo ser usado permanentemente entre 100°C e 150°C;
Não são condutores e ocupam o lugar de plásticos tradicionais em aplicações que não envolvem tecnologia ou envolvem técnicas incomuns.
Exemplos de plásticos de engenharia incluem:
Acrilonitrila butadieno estireno (ABS)
Tereftalato de polibutileno (PBT)
Policarbonatos (PC)
Polieteretercetona (PEEK)
Polietercetona (PEK)
Policetona (PK)
Polietileno tereftalato (PET)
Polioximetileno (POM / acetal)
Sulfeto de polifenileno (PPS)
Óxido de polifenileno (PPO)
Polissulfona (PSU)
Politetrafluoroetileno (PTFE)
Poli (metacrilato de metila) (PMMA)
Existe exemplos de aplicações, onde as propriedades dos plásticos de engenharia possibilitaram a substituição de materiais tradicionais, como madeira ou e metal agregando a peça ou produto maior resistência, menor peso e facilidade de processamento principalmente em peças complexas.
As propriedades dos plásticos de engenharia que mais se destacam
Cada material tem propriedade especifica que o qualificam para cada aplicação. Por exemplo, o policarbonato tem alta resistência ao impacto, enquanto a poliamida tem alta resistência à abrasão.

Outras propriedades incluem:
Resistência ao calor / temperatura;
Resistência mecânica;
Rigidez;
Estabilidade química;
Auto lubrificação (especialmente usado na fabricação de engrenagens e esquis);
Extinguível a chama.
As propriedades dos plásticos de engenharia superam os materiais que eram comuns na indústria pois, além de possibilitar uma troca facilitada de peças em uma manutenção, não são condutores, fator que para determinadas aplicações é essencial.

Material mais frágil do que o PU porém com custo inferior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PRODUTOS