EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

RODÍZIOS E RODINHAS TAMBÉM SÃO ERGONOMIA

Hoje vamos dar um breve aviso sobre rodízios.

 

Muitas pessoas não conseguem diferenciar um rodízio injetado em Nylon de um rodízio de PVC.

 

Os rodízios ditos ou chamados universais, isto é, uso frequente e usados quando não há solicitação especial possuem as “rodinhas” injetadas em NYLON OU PVC.

 

A olho nu e em geral a maioria é na cor preta, são iguais.
Mas o PVC se desgasta mais rápido, quebra mais fácil, não aguenta impactos.

 

Procure especificar e exigir rodízios injetados em NYLON.

 

É muito importante verificar o material do rodízio. Muitas empresas, a maioria, utilizam rodízios de PVC (plástico comum utilizado em brinquedos de crianças). Esses rodízios são muito mais baratos não absorvem impactos, baixa resiliência se quebram com extrema facilidade. Além da material plástico, importante observar o diâmetro, se duplo giro, o mancal de rolamento.

 

Rodízios em Nylon (e de PVC) podem ter a banda de rodagem, isto é a parte que vai tocar no piso, revestido ou não de uma camada de poliuretano, PU. Esta camada é colocada para dar maior resistência à abrasão em pisos mais duros e em alguns revestimentos para evitar risca-los, de marca-los.

 

Para pisos de carpete de madeira, frios tipo lajotas, mármore, cimento, cimentado pintado e outros ditos duros ou abrasivos (que desgasta mais) é recomendado o rodizio com a banda de rodagem em poliuretano. O rodízio de poliuretano é muito mais durável e não risco o piso.

 

Hoje, a gama de opções para rodízios é imensa passando a fazer parte do complemento da decoração. Os rodízios incrementam a decoração com seus detalhes cromados, coloridos, personalizados além de alguns rodízios de diâmetro maior que deslizam melhor.

 

A Ergonomia e o seu maior conforto pode ser observado no tipo de rodízio que você usa.

 

Você já deve ter sentado em cadeiras que deslizam macias e outras que emperram no chão. Pois bem, da leveza desse deslizamento depende o rodízio utilizado.

 

Na ASE – Mundoergonomia, usamos mecanismos especiais de rodízios. Nossas rodas ou rodinhas giram em mancais auto lubrificados com alto coeficiente de segurança, o que significa que aguentam mais peso, os eixos se desgastam menos, enfim duram mais fazendo que as cadeiras deslizem suavemente reduzindo o esforço para desloca-la para à esquerda, direita, para à frente e para trás. Estes esforços para movimentar as cadeiras, são proporcionados pelas pernas. A resultante destes esforços ou a força resultante tem a sua reação tangencial na coluna vertebral, mais para a região lombar.

 

Veja que até este detalhe para melhor deslizar a sua cadeira e reduzir este esforço nas pernas (e na coluna) pode reduzir riscos de dor na coluna.

 

Os rodízios sem banda de PU chamados de universais podem e devem ser usados em pisos macios como carpete.

 

Portanto: Cuidado com seu rodízio, ele também é um auxílio para sua coluna.
Ao especificar sua cadeira, indique o tipo de piso que o nosso pessoal vai lhe oferecer a melhor opção, o melhor custo x beneficio também em rodídios.

Veja alguns exemplos de nossos rodízios nas fotos abaixo. Rodízios podem ser pretos, cinzas de varias matizes, brancos, detalhes cromados e os chamados de espaciais com mancais de rolamento. Os espaciais não são mostrados nas figuras abaixo e são encontrados em algumas cadeiras de nossa linha PREMIUM.

 

Estamos a disposição, é sempre um grande prazer participar deste “bate papo”

 

Osny Telles Orselli

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PRODUTOS