UTILIZAÇÕES ESPECIAIS

CADEIRAS PARA ÁREA DE PRODUÇÃO
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

CADEIRAS PARA ÁREA DE PRODUÇÃO

Cadeiras ERGONÔMICAS para ÁREA DE PRODUÇÃO (em conformidade coma NR17)

Adquirir ou especificar uma cadeira para área industrial exige conhecimento técnico e legal sob pena de se comprar uma cadeira ergonomicamente boa, porém com mecanismos ou caracteres legais errados.

Na área de produção podem ter estruturas e montagens de várias formas, sempre dependendo do posto ou da produção que será feita no local.

Mesmo em se falando “produção” é necessário produção de que para que se conheça todas as especificações, normatizações e exigências relativas ao mobiliário por conta das exigência técnicas do produto produzido ou manipulado.

Produção de alimentos, medicamentos ou radiofarmacos, é totalmente diferente da produção de pneus, ou material eletrônico. Para cada produto, uma legislação correspondente que vai estar, dentre outras legislações, por exemplo ligado ao controle de particulados do local.

Resumindo – é preciso analisar o posto e especificar corretamente o tipo adequado de cadeira.

Quanto a Base:

A base de 4 ou 5 pés, rodízios de Nylon ou plástico, para pisos duros e abrasivos ou carpete (são diferentes), deslizadores de Nylon ao invés de PVC fazem diferença

Quanto ao assento e encosto

As cadeiras para produção podem ser em Espuma revestida, em madeira, em poliuretano ou mesmo em INOX.

Quanto ao modelo em poliuretano, é possível ser de 2 modelos WDA e WORK. Há, também, dependendo do posto, a possibilidade de ser em madeira.

Quanto ao modelo em espuma revestida, temos quanto ao tecido:
Tecido apenas com a indicação de 100 por cento poliéster não quer dizer nada. Vai depender da utilização do seu usuário.
Com ou sem costura?
Como este tecido é preso na madeira ou no interno?, etc.
E se for PVC tipo courvin?
E se não puder ter espuma como é o caso de ambientes limpos?
E se precisar de assentos e encostos em madeira? Só madeira não basta. Precisa ter formato ergonômico, espessura resistente, compensado naval, etc.
Para cada situação, estude detalhadamente a melhor especificação.

Uma cadeira para  indústria deve durar  mais de 5 anos, desde que bem cuidada.   Instruções de uso, de limpeza e estocagem estão à disposição de nossos clientes.

Uma cadeira com espuma errada, tamanho errado vai deixar você e seus associados com dor nas costas, nas pernas, com risco de uma lesão músculo-esquelética, mesmo que o fornecedor diga que atende a NR 17 e a norma da ABNT.

As cadeiras para ambientes industriais com CAPA, MODELOS ESPECIAIS, seguem o padrão de excelência tanto do ponto de vista mecânico, revestimentos, material de base, tipo e óbvio os aspectos ergonômicos.  Para frio, calor, úmido, vapor, esterilizados, etc.
Procuramos, neste aparente longo texto, mostrar uma série de cadeiras para ambientes industriais com mecanismos diferentes, tamanhos de assento e encosto diferentes.  Mas gostamos de estudar o melhor tipo em função das suas necessidades, das suas atividades, das suas operações e do meio ambiente que você ou seus associados vão trabalhar.

As alturas dos assentos em relação ao piso seguem um padrão do bio tipo brasileiro médio.
Se você quer uma cadeira para pessoas mais baixinhas, até para anões, ou para mais fortinhos, até gigantes, temos colunas com várias alturas.

Referente a altura da bancada:
A cadeira precisa acompanhar a mesma e, portanto, ser mais alta ou mais baixa
Para que as cadeiras sejam adequadas ao biotipo escolhido você precisa considerar a altura da bancada, do tipo de atividade, do biotipo do associado. Isso inclui eventualmente braços e/ou apóia braços especiais.

Quanto aos braços:
Sem braços
Com braços
Braços Móveis ou Fixos?
Braços com dispositivo para regular a distância entre os braços (largura) para os mais fortes, a fim de que seus braços possam ser repousados nos apóia braços
Todos esses itens devem ser contemplados

Cadeiras para áreas Limpas:
São cadeiras para área limpa, controlada, de acordo com normas da ANVISA, sem espuma, e com montagem especial dependendo da classificação ISO da sala.

Ainda: Será importante verificar se o posto exige uma cadeira ou um banco, ainda, um banco que pode ser operado você estando sentado ou em pé ou 50 % sentado e 50 % em pé; um banco para se mover com rapidez no solo da produção e outras especificações exigidas pelo posto

  • Os mesmos assentos e encostos podem ser colocados em longarinas de 2 a 5 lugares e até para auditórios, pequenos ou gigantes, simplesmente apoiados no piso ou aparafusados no solo.
  • Quanto a montagem das cadeira adquiridas: As cadeiras vêm semi-montadas e não precisa de qualquer ferramenta para terminar a montagem.
    Como funcionam as alavancas?
    Para que servem?
    Como tirar o maior proveito ergonômico delas?
    Estão disponíveis no CD que acompanha cada pedido, com treinamento de vários níveis, até para profissionais da área de medicina e segurança do trabalho.
    Além disso, a consultoria on line está sempre assegurada, onde nossos engenheiros estão à sua disposição para avaliar antes da compra, seu posto de trabalho e ou atividade, como depois para que você tire o máximo de seu investimento com o máximo de retorno.

Principais características de todos os modelos de cadeiras para área industriais padrão:

Se com espuma: os assentos possuem  espuma com densidade pontual, isto é, diferente em função da localização, de alta densidade, cor a escolher de incrível maciez, resiliência e resistência com 40 mm de espessura.
Podem ser também em madeira ou injetadas diretamente sobre almas de alço em poliuretano Integral Skin.
-A espuma tem revestimento tipo tecido ou courvin de qualidade sem emendas com alto teor de gramatura.
-Várias cores e padrões.
-Fixação do tecido com tensão regular através de cordão de nylon, dispensando na maioria os grampos que se enferrujam e nada de filetes de PVC para escondê-los que se racham, soltam e ficam feios.Rodízios para pisos duros / abrasivos ou carpetados, de NYLON que não se quebram como os de PVC (vendo-os eles são iguais)
-O acabamento por trás dos encostos em polipropileno sem qualquer aparência de parafusos ou engates, tratados  contra raios UV que lhes garantirão superfície sempre nova e que não vão rachar e não vão se  tornar brancas.  Idem para o acabamento sob os assentos.
-Dois tamanhos padrão de assentos: médio e grande. Dois tamanhos de encosto: pequeno e médio. Outras medidas de acordo com sua necessidade.

Madeira com espessura de 20 mm, de compensado naval, revestidas de embúia, pintadas ou envernizados com os mais diferentes materiais, cores e acabamentos.

Podem ser com ou sem apóia braços e braços

Os braços podem ser fixos ou
Pistão a gás com amortecedor classe 3 ou 5 de qualidade com garantia à vida.

Regulagem da altura do espaldar por catraca automática sem necessidade do usuário deixar a cadeira para regular  ou através de rosetas

Alavancas super bem colocadas e de fácil acionamento, afinal são ergonômicas

Vários mecanismos:
– Inclinação do encosto com uma alavanca.
– Inclinação do encosto ao mesmo tempo que o assento, com uma só alavanca, na proporção de 1:2.

Esta inclinação é o que chamamos de contato permanente da lombar, fundamental para que suas costas sejam sempre apoiadas e, em conseqüência, menos fadiga, menos dores, mais conforto.
– Com duas alavancas, uma para a inclinação do encosto e, outra, independente, para o assento.
– Sem inclinação do encosto, mas com regulagem de altura do mesmo. Regulagem apenas da profundidade do encosto.
– Ou totalmente fixa.
– Qualquer das opções acima, com regulagem de altura mas ela precisa ser bloqueada por razões de segurança, no seu giro, por exemplo para certas prensas.

Quanto ás Bases: de 5 patas, em aço com cobertura de polipropileno, apenas em aço, em 100 por cento injetadas em NYLON ou até injetadas em alumínio.  Podem ser zincadas ou uma boa parte cromadas.

Você quer aro para apóia os pés?
Veja a maneira dos mesmos apoiarem a coluna. O aro não pode comprimira as pernas quando apoiadas.
Sua fixação na coluna através de cunha indireta para durabilidade e para que não veja seu aro sempre lá embaixo, sem utilidade e até podendo prejudicar.

Você precisa de apoio para os pés, em aço, com alturas diversas, ambientes industriais?
Apoio dos pés incorporado aos aros?
Em alguns locais, podemos usar o JHS que é um apoio para os pés acoplado ao aro da cadeira

Garantia de 1 ano. Com LAUDO ERGONÔMICO

LINHAS MAIS USADAS NO SETOR DE PRODUÇÃO

CADEIRAS COM ASSENTO E ENCOSTO EM EPUMA REVESTIDA

CADEIRAS COM ASSENTO E ENCOSTO  EM POLIURETANO (WDA E WORK)

CADEIRAS COM ASSENTO E ENCOSTO EM MADEIRA (WOOD)

CADEIRAS EM INOX AISI 304

CADEIRAS ANTI ESTÁTICAS

O grupo de profissionais da BraSGoldeN não são, apenas, especialistas em ergonomia.
São engenheiros mecânicos, de produção, médicos, farmacêuticos, fisioterapeutas, advogados, administradores de empresa com pós graduação em produção, todos chefiados pelo nosso Prof. Eng. Osny Telles Orselli, formado pela USP, Mackenzie e FGV e conhecedor profundo dos mercados americanos e europeu, onde trabalhou e estudou.
A equipe tem condições realmente técnicas de fornecer a melhor cadeira Industrial para sua indústria e seu funcionário, encaminhe sua solicitação, teremos imenso prazer em atender.