Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Por que adotar Cintos Lombares

Nos E.U.A., cerca de 35% dos chamados Problemas de Coluna têm origem ou se potencializam fora do ambiente de trabalho como transporte, escolas, tarefas domésticas, Hobbyes, esporte, etc. No Brasil não há estatísticas, mas deve ser bem maior. 

Imagine, então no trabalho. Primeiro temos o problema da postura e em segundo lugar, todo mundo manuseia uma carga. Sim, carga aqui é desde um pacote de 500 folhas de papel A 4 que uma pessoa segura, carrega e manuseia e que pesa cerca de 800 gramas até produtos e ou ferramentas necessárias ao trabalho.

Pela simples equação física do princípio de Arquimedes ( alavanca), uma pessoa de bio tipo médio, ao levantar uma carga com os braços estendidos, provocará um esforço nas e entre vértebras lombares na proporção de 10 para 1. Assim 1 Kg resultará em 10 Kg.

Faça a experiência Você mesmo. Pegue um peso pequeno e estenda os braços. Quem vai trabalhar mais será a região lombar.

Já imaginou trabalhar horas a fio com dores nas costas? Já imaginou depois de uma jornada de trabalho, o trabalhador não poder descansar, dormir bem, por problemas de coluna?

V conhece alguém que não teve um problema de coluna? Pois se você o encontrar, diga a ele que de acordo com as estatísticas norte americanas, ele vai ter, pois praticamente 100 % da população, teve, tem ou vai ter um problema de coluna.

Desta maneira, também neste caso, a solução está na prevenção.

O uso corrente dos cintos lombares nos EUA, mostram que o seu uso, associados a um programa de treinamento e conscientização de, por exemplo, como manusear um peso (qualquer um ) corretamente, fará com que o usuário goze das delícias de o mínimo, ter uma probabilidade menor de ter uma lombalgia

Se você der ou impor um CINTO SUPORTE ABDOMINAL LOMBAR para um de seus empregados/usuários, ele provavelmente usará uma vez e deixará de lado, pois no Brasil não há cultura de prevenção. Se você adotar o treinamento da Bras Golden Ergonomics – COLUNA SEGURA® para a prevenção das dores e lesões nas costas/coluna e, entregar o cinto suporte ou cinto lombar durante o treinamento, você verá que além de adotar as medidas e recomendações do curso, ele adotará o cinto suporte como uma parte de seu vestuário e de seu corpo e logo-logo estará pedindo mais um, para utilizar fora do ambiente de trabalho. Neste momento você atingiu o seu objetivo de passar, realmente a técnica de prevenção e aumento da produtividade aos seus empregados !!! Quem ganha? Empresa, empregado, nação!!! 

Nota1: Se você é empresário de um produto que requeira merchandising, é nesta hora do empregado pedir um segundo cinto suporte para ser usado fora do trabalho, que você deve encomendá-lo com sua logomarca. Além de estar se prevenindo fora da Empresa, estará divulgando sua logomarca, quando o mesmo estiver rodando em sua bicicleta, moto, praticando esporte, lavando o carro, consertando a casa, indo à escola, clube, etc. 

A má postura causa fadiga e é uma das causas da baixa motivação e diminuição da produtividade.

Uma em cada 5 relatos de lesões é da coluna. 
O risco de lesões da coluna é altamente influenciado por fatores como idade, tensão e condicionamento físico. 
Custos (absenteísmo, tratamento, indenizações, baixa produtividade) para as empresas, para o país e para os trabalhadores são 
elevados: nos EUA as lesões na coluna causam mais de US$ 100 milhões em perdas de dias de trabalho/ano. 

Solução: PREVENÇÃO E EDUCAÇÃO
Consequência: diminuição custos, aumento produtividade, aumento motivação, busca do bem comum. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *