Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Falando sobre o Comitê de Ergonomia

Comitê de Ergonomia é um grupo de colaboradores da empresa com o objetivo de entender, acompanhar, interagir e buscar soluções para os problemas ergonômicos existentes de forma gradativa e sistemática, evitando esforços isolados.

O objetivo principal da formação de um Comitê é estruturar a Ergonomia sob a forma de um Sistema de Gestão, abordando os problemas ergonômicos de acordo com as prioridades de forma gradativa e sistemática, evitando os esforços isolados.

Esses grupos trabalham conforme orientação e treinamento dado pelo ergonomista e sob coordenação nomeada pela gerência.

Os problemas críticos são analisados por forças-tarefas, contando com um profissional de Ergonomia, um trabalhador experiente, um técnico da área e da máquina e um supervisor. Esse grupo, após analisar a atividade, estuda em profundidade, realiza a análise ergonômica, avalia as recomendações e soluções, e elabora um Plano de Ação a ser aprovado pela alta gerência.

A estruturação da Ergonomia sob a forma de um Sistema de Gestão realmente funciona, pois os problemas ergonômicos são abordados na ordem de prioridade: primeiro trabalha-se sobre aqueles causadores de afastamentos e gradativamente vai-se resolvendo os problemas causadores de dor sem afastamento, até se chegar aos problemas causadores de dificuldade e desconforto. Em poucos meses, consegue-se “fechar a torneira” de casos novos.

A solução dos problemas
Os problemas ergonômicos geralmente podem ser classificados em cinco categorias (explicadas no anexo)

Elaboração dos Comitês

Criação do grupo formado por: membros das diferentes áreas da empresa (RH, Logística, Qualidade, Engenharia, Manutenção, SESMT) e um Ergonomista da CMQV

Orientação e Treinamento para os membros

Apresentação da Análise Ergonômica do Trabalho (AET) para o comitê

Avaliação e estudo sobre as recomendações e soluções ergonômicas

Criação de um Plano de Ação

Importante e fundamental – apoio do alto nível de gerência, participação dos trabalhadores, eficácia do serviço médico, treinamento de Ergonomia para todo o pessoal da empresa, estruturação correta dos comitês e revisão constante do processo.

O resultado final de um processo de solução ergonômica bem feita é a sugestão da melhor solução possível para aquele problema

3 respostas

    1. WEVERTON

      OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO!
      Veja…não somos empresa de “vendas de prateleira” por internet, apenas usamos a internet como veículo para nos aproximarmos mas o contato com o cliente, para saber EXATAMENTE o que ele precisa é fundamental para que ele adquira o melhor para sua necessidade…ESSA É A NOSSA META! O SITE É NOSSA FERRAMENTE DE CONTATO!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *