Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

COMPLIANCE – ASE – TRANSPARÊNCIA E SUSTENTABILIDADE

COMPLIANCE no mundo da ERGONOMIA!

 

A partir de 2012, a ASE estará nomeando sua diretoria de Compliance.

 

Em março, a ASE = Mundoergonomia apresentará aos clientes e amigos o nome do diretor de Compliance da empresa em cerimônia pró comemoração ao seu quinto aniversário.

 

A ASE passou a adotar em 2011, dentro de seus POPs organizacionais pautados nas orientações da ISO – 9000, 14000, 26000, 36000 e OSHAS o Compliance como uma de suas regras mais primárias e fundamentais para a transparência de suas atividades.

 

A necessidade de adotar o Compliance é determinante para a sustentabilidade de nossa empresa, declara a diretora de sustentabilidade da ASE, Dra. Célia Wada, – nossas normas internas com foco na sustentabilidade e em nosso “programa risco zero – qualidade plena” estão sendo implementadas seguindo nossa matriz o que nos habilitará a receber a certificação de empresa sustentável e oficializarmos nossa diretoria de Compliance, complementa Dra. Célia.

 

O Compliance é o conjunto de disciplinas para fazer cumprir as normas legais e regulamentares, as políticas e as diretrizes estabelecidas para o negócio e para as atividades da instituição ou empresa, bem como evitar, detectar e tratar qualquer desvio ou inconformidade que possa ocorrer.

 

Através das atividades de Compliance, qualquer possível desvio em relação a política interna, é identificado e evitado.

 

As empresas ou órgãos públicos que não possuem uma área forte de Compliance perdem em credibilidade perante as partes relacionadas (stakeholders) e cada vez mais perde oportunidades no mercado, principalmente no financeiro.

 

Como é verificado, as atividades de Compliance, para terem credibilidade, não devem ter em seus quadros jovens recém – contratados, recém-formados ou estagiários. Só devem ocupar cargos de Compliance pessoas com larga e comprovada experiência não apenas no negócio em si, mas com forte experiência em cargos de liderança em empresas de médio ou grande porte, é o caso do futuro diretor de Compliance da ASE.

 

Devido a enorme responsabilidade dos executivos de Compliance, estes devem estar prontos para responder aos stakeholders e perante a lei por suas atividades.

 

Esse será um grande, significativo e responsável passo que tomaremos frente a todos aqueles que nos procuram, que confiam em nós, em nossos produtos, em nossos serviços declara Dra. Elisa Ishiba, advogada e diretora jurídica da ASE Mundoergonomia.

 

imprensa@cmqv.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *