Dores e LER aposentam 5 mil por ano

 
PAGINA INICIAL
QUEM SOMOS
O QUE É ERGONOMIA
NOSSOS PRODUTOS E SERVIÇOS
CATÁLOGOS DE NOSSOS PRODUTOS
1- ACESSÓRIOS AUTO ILUMINADOS
2- APOIO ERGONÔMICO PARA MOUSE E TECLADO
3- APOIO PARA OS PÉS
4- BANCOS ERGONÔMICOS
5- CADEIRAS ERGONÔMICAS
6- CINTOS ABDOMINAIS LOMBARES
8- MESAS E BANCADAS ERGONÔMICAS
7- ESTAÇÕES E POSTOS DE TRABALHO
9- TAPETES ANTI FADIGA E ESTRADOS
10- SUPORTES ERGONÔMICOS
11- PRODUTOS ANTI- ESTÁTICOS
12- CALÇADOS ESPECIAIS
GINÁSTICAS E PREVENÇÃO
VIDEOTECA
ARQUIVOS PARA DOWNLOAD
ERGONEWS - Brasil
PROMOÇÕES ESPECIAIS
NOTÍCIAS
IMPRENSA
BATE PAPO COM NOSSA EQUIPE TÉCNICA
ARTIGO DA SEMANA
ARTIGOS E MATERIAL TÉCNICO
CONTATO
 

 

15/07/2005 - Dores e LER aposentam 5 mil por ano


Por enviada pelo eng. Osny Telles Orselli

Alterar tamanho da fonte: A+ | a-

Lesões por esforço repetitivo respondem por 70% das doenças relacionadas ao trabalho.

Começa com uma pequena dormência na mão, que vai se tornando constante. Progride para dor e inchaço. Depois a força vai embora. A incapacidade começa, então, a rondar a vida do trabalhador e o afastamento do emprego é inevitável. Quadros como esses se alastraram como uma epidemia no mercado de trabalho brasileiro: são as doenças osteomusculares, conhecidas como LER (lesão por esforço repetitivo) ou DORT (distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho).

Cerca de 70% de todos os 62 mil casos de doenças ocupacionais registrados entre 2001 e 2003 pela Previdência Social são desse tipo e deixam inválidos, em média, cinco mil trabalhadores por ano.

Os números já seriam alarmantes observando apenas os registros de doenças ocupacionais, instrumento cada vez mais desconsiderado pelos estudiosos de segurança do trabalhador, por causa da subnotificação crônica. Mas um levantamento inédito nas estatísticas de auxílio-doença da Previdência Social mostra que são mais de 130 mil afastamentos do trabalho, em média, por ano devido, a sinovite, tenossinovite, dores de coluna, compressão em nervos da mão e antebraço, e outros males relacionados. Número bem superior aos 14 mil acidentes de trabalho de 2003.

As estatísticas, no entanto, refletem apenas a força de trabalho que tem carteira assinada. Os informais, que respondem por mais de 50% da população que trabalha, e os servidores públicos não entram nas contas da Previdência.

— Nesses números só entram os casos em que o afastamento é superior a 15 dias — diz Anadergh Barbosa, PhD em Medicina em saúde ocupacional e coordenadora do Laboratório de Saúde do Trabalho da Universidade de Brasília (UnB).

Segundo a auditora fiscal do Ministério do Trabalho Lys Ester Rocha, o auxílio-doença é o caminho que resta ao trabalhador desempregado e doente. Com medo de perder a vaga para os cerca de 2,2 milhões de desempregados apenas nas grandes metrópoles, ele acaba agüentando a dor, mas perde produtividade. Com isso, é demitido e recorre ao INSS já em condições piores, pois o mal se agravou:

— As estatísticas de acidente de trabalho continuam subdimensionadas, mas as de auxílio-doença só fazem aumentar — afirma a auditora, que também é médica do trabalho no Serviço de Saúde Ocupacional Hospital das Clínicas da USP.

Família unida pela dor e pela música

Aos 29 anos, a assistente administrativa Roberta da Cunha Nogueira Soares já abandonou o sonho de cursar a faculdade de informática. Faz terapia ocupacional na mão na ABBR duas vezes por semana, na tentativa de recuperar os movimentos da mão esquerda. O tratamento veio antes da cirurgia em abril para curar a tenossinovite (inflamação no tendão) do polegar. Logo depois, o mal tomou o cotovelo e o ombro. A expressão de dor acompanha o rosto da jovem na maior parte da sessão que dura 40 minutos. Casada, não usa aliança desde setembro, quando as dores aumentaram e surgiu o inchaço.

— Sinto dor o tempo todo e, quando o tempo esfria, fica pior. Gosto do meu trabalho e quero voltar logo, mas além da dor não sinto força alguma na mão — diz.

No trabalho, foi emitida a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT), mas o INSS desqualificou o documento. Com isso, Roberta perdeu o depósito do FGTS no período e a estabilidade de um ano a que teria direito na volta ao trabalho.

Unidos na música e na dor, três gerações de uma mesma família dividem o piano e os médicos. Aos 70 anos, a pianista Maria José Repsold se prepara para operar a mão esquerda. É a segunda cirurgia que fará para desobstruir o túnel do carpo. A primeira, na mão direita, foi há três anos.

— É um formigamento insuportável. À noite, piora muito. Mas consegui voltar a tocar 20 dias depois da primeira operação — diz.

A filha Mônica, de 42 anos, também pianista, convive com a inflamação nos tendões do cotovelo e em quatro dedos da mão direita. Controla a doença com terapia e acupuntura. Seu filho Bruno, de 23, baixista e estudante de piano, sentiu as primeiras dores há um ano e já está na ABBR.

Globo.com

Comente este artigo:
* Nome:
E-mail:
Publicar E-mail:Sim   Nao   
* Comentário:
O que está escrito na imagem ?
 
Carlos Magno Mesquita de Sousa - 04/09/2017 21:34
kkkmagnophb12@hotmail.com
trabalho de segurança e tem duas herneas de disco, sofro com um enchaço em meu ombro e meus dedos ficam cm as juntas todas enchadas e tem periodo q meu ombro doe tanto q nem consigo vestir uma camisa e tem dia q sinto uma dor tão fina e isurportavel, queria saber se poso mi aposentar e tenho 17 anos de contribuição
Cátia Façanha - 03/04/2017 09:47
Sou cabeleireira e estou perdendo forças nas mãos e sinto muitas dores, dor insuportável nas minhas costas, dor insuportável no meu braço e ombro e perna, não consigo levantar nem mais a escova e nem abrir uma garrafa mau consigo me mexer. por favor me responda, eu posso mim aposentar ?
Miriam Maria da Silva araujo - 16/02/2017 17:59
miriammariadasilvaaraujo@Gmail. com
Tenho atrose no onbro e ernia de disco e derame articular no joelho eu posso mim aposentar ?
Elizama Ferreira - 16/02/2017 12:36
elizama.zamynha@hotmail.com
Oi,sou Elizama,trabalho em um mercado,trabalho muito lá,sinto dores de mais,não recorri ao medico,pq pensava q era dor temporaria,mas nao,hoje sinto mais d que sentia,e acho que vou ser demitida,por ser mt ignorante,o que devo fazer? e tbm nao tenho dinheiro suficiente a ir ao medico particular,por isso q nao fui ate hoje.obrigado,espero q me ajudem!!!
lucineide ciriaco dos santos - 12/01/2017 21:20
ciriacoramos@gmail.com
Boa noite tenho 58 anos e ja estou com auxilio doença a 4 anos mais hoje estou com derrame articular no joelhos tendinite no quadril bulsite no polegar e ombro mais tendinite no pé sou vigilante sera que eles inss me aposenta agora nao consigo ficar muito tempo de pé estou fazendo fisoterapia duas vezes na semana as vezes alivia um pouco .gual o especialista gue devo procurar?
Rita de cassia pereira - 04/01/2017 01:36
ritacas.pereira@gmail.com
tenho essas doenças gostaria de saber que tenho direito aposentadoria
Conceição - 20/11/2016 09:46
0lá, gostaria de saber se posso me aposentar, tenho 52 anos sou cardiopata é tenho uma tendinite crônica uma dor insuportável, já fiz varias fisioterapia não adianta. Sou autônoma, vendedora é dirijo um automóvel. As vezes não vou trabalha devido a dor no braço p/ dirigir. 0 que faço p/ ir no INSS, p/ mim se aposentar. Grata pela atenção.
ana neide - 07/11/2016 13:31
Boa tarde não estou mais aguentando trabalhar de tanta dor. Tenho osteoporose na coluna e 3 ernias de disco dendinit nos dois pes e lesões no pecosso, o que faço.Os medicos não estão nem ai comigo.
IVONE CORREA PINTO - 19/10/2016 00:36
ivone_beto@hotmail.com
trabalho em uma empresa ha cinco anos, no setor de faturista, ha 2 anos fiquei de auxilio doença por seis meses, retornei ao trabalho e pedi mudança de funçao para um setor que menos exerço os braços, porque costo muito do meu trabalho mas agora depois de um ano de retorno ao trabalho mesmo numa funçao que nao estou mas aguentando de dores as vezes passo anoite toda andando a casa toda com dor,sofro de tendiniti bilateral, burciti, ernia de disco na cervical, espodiloartrose,ler gostaria de saber se tenho direito ao auxilio doença novamente enfelismente nao estou aguentando mais tenho medo de ser manda embora do trabalho e ficar desempreganda sou sozinha nao tenho ninguem por mim. desde ja agradeço fico no aguardo da resposta
simone dos santos - 09/10/2016 06:46
simonegabyi@gmail.com
Bom dia gostaria de tirar uma dúvida trabalho em uma empresa á três anos sou operadora de caixa à uns oito meses venho sentindo muitas dores no braço direito fui ao médico fiz os exames e constatou bursite, tendinite, uma fibra do ombro rompida e sindrome do tuneo do carpo fui para inss e após 30 dias fui liberada só que estou com um pouco de comprometimento nas mãos pois a mobilidade já não é mais a mesma estou deixando as coisas cairem, estou sem força para abrir um garrafa e abrir latas em geral, o braço pesa e fica dando umas fisgadas. Como proceder não me sinto apta ao retorno ao trabalho. Desde já agradeço.
nilson - 17/09/2016 16:27
nilsongaivota@yahoo.com.br
boa tarde eu ja fiz 4 cirurgia do ombro direito tinha rompido o tendao fiz a primeira e nao ficou boa .. tenho pinos no bicipes tambem tenho dificuldades de fazer a rotação do manguito rotador . o medico descreveu lesao do manguito rotador .. queria sabe se tem melhoras depois de tantas cirurgia .. obrigado
claudineia - 08/09/2016 20:19
descobri que estou com a tiroide muito atacada e dores muscular, fui mandada embora o que faço
karine elisa maluf - 15/08/2016 10:52
olá, eu sei que no brasil, doente tem que morrer´, tenho 43 anos gostaria de optar por uma aposentadoria,pois tenho dores pelo corpo todo, fiz todo tipo de exames e tratamentos estou direto de cama, são dores cronica, fibromialgia,por favor me orienten que devo fazer. sem mais grata karine
Zeneide pombal - 04/08/2016 14:24
Soucl cabeleireira tenho dor noe pés fotmigamento nas pernas dor no joelho nas mãos e coluna
Elvis ferrrira - 03/08/2016 10:57
elvisferreira423 @Gmail. com
eu adquiri bursite do lado direito dentro de empresa e algum tempo que leve 4 meses fui mandado em bora com lado medido descrito bursite isso pó ao recorrer como danos morais
MARIA MARTA DA SILVA - 23/07/2016 20:36
TRABALHEI EM UMA EMPRESA,ELA PERDEU O CONTRATO FUI READMITIDA PELA QUE ENTROU,DEI MAL SORTE JÁ VINHA SENTINDO DORES NO BRAÇO,DORMENCIA NA MAO DIREITA,COM MEDO DE PERDE O EMPREGO CONTINUEI DANDO PRODUÇÃO MESMO SNETINDO DORES NAO ERA TAO FORTE MAS NO DECORE DOS PLANTOES FUI MOPEANDO E FOI PIORANDO HOJE FUI AO MEDICO ELE DISSE QUE É POR CAUSA DOS MOVIMENTOS REPETITIVOS DO MEU TRABALHO ME DEU 5 DIAS AFASTADA PRA TOMAR MEU REMEDIO,TUDO BÉM JUNTA A DOR E O MEDO DE PERDE MEU EMPREGO AMO MUITO TRABALHA O QUE EU FAÇO,ESTOU TRISTE,OBG
José Fernando c de Oliveira - 04/07/2016 10:27
j652773@gmail.com
Bom dia eu mim chamo Fernando peguei um peso na imprensa e afetou meu juelho e o médico falou q era para opera mais não garantia q eu ficaria bom e nem q iria para de doer então ao operei estou com uma ressonância a um ano o q tenho nao procurei o inss pq sei q demora por isso opitei ficar trabalhando mais agora estou marcando o médico de novo pq agora afetou toda a coluna do pescoço para baixo .
solange lourdes da luz - 26/06/2016 20:02
OLA TENHO BURSITE E LER MAIS SO TENHO UM ANO E QUATRO MESES DE EMPRESA E ESTA AGRAVANDO GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO DE ME AFASTAR PELO INSS, E SE COM SIGO O CAT DA EMPRESA QUE TRABALHO
Graziela da Silva - 20/06/2016 23:33
Grazielasq15@yahoo.com.br
Trabalhei 8anos de op de cx em supermercado,antes de sair descobrir que estava com derrame na articulação do cotovelo,já faz um ano que sai,gostaria de saber de tenho como entrar com alguma ação,pois desde q sai sinto muita dor e ñ consigo trabalhar mais devido a dor,agradeço desde de já,pela atenção
antonio rene osorio quevedo - 28/05/2016 12:54
antonioosorioquevdo@outlook.com
o emgraçado é que mesmo com duas ernia ignal e dois cisto os peritos até olham me com certo riso e dizem que devo procurar outra profição e não considerão que ja estou com 59 anos e trabalho desde os doze anos ja entrei na justiça e não deu nada o que se deve fazer esquecer o inss.
ADONIAS RIBEIRO - 25/04/2016 16:26
arcadonias@gmail.com
muito interessante para todo brasileiro,mais infelismente eu não tenho palavras diante de tanta ipocresia do sistema,estou sem poder trabalhar desde 2008 com dores insuportável na coluna e desde antes quando apareceu a dor, nenhum médico se prontificou a pedir uma pericia, quer dizer a roubalheira corre frouxa no sistema o brasileiro passa nescessidade 24 horas sei que não sou o único. preciso de uma orientação.
Marcelo ramos - 12/04/2016 18:05
mcmarcelo170@gmail.com
Olá boa noite, trabalho em uma mtalurgica e estou a mais de 6 meses afastado por tendinite grau iv, faço fisioterapia todos os dias na sessão me sinto bem mais a tarde quando estou em kasa sinto muitas dores ao esticar e ao encolher o braço e se não vier a melhorar vou passar por cirurgia e retirar fora o tendão perdendo assim a força do braço e agora
roberto r souza - 07/04/2016 18:27
creci7629@hotmail.com
recebo um auxilio doença desde 1989 40% do meu salário da época ( hoje recebo 415,00) devido a tenossinovite, continuei trabalhando em outra função pois passei pelo CRP (INSS) fui mandado embora da empresa em 1997 hoje busco junto ao INSS um benefício ou aposentadoria ao qual tenho direito o INSS está negando vou para 3 o. recurso de perícia tenho exames com dores nos punhos cotovelos e ombros acusa tenossinovite aguda. vou agora entrar na justiça, isso não era pra ser necessário.
jaqueline carvalho - 05/04/2016 09:08
jaque_gajura@hotmail.com
Bom dia! Trabalho como balconista em padaria e estou com derrame articular ombro esquerdo e bursite no quadril direito, nao aguento de dor, consigo me afastar?
iracema dos santos pereira de barros - 11/03/2016 13:09
iracema.sare@gmail.com
estou com tendinite, bursite e capsulite no ombro direito e bursite e tendinite no ombro esquerdo, trabalhei como atendente de telemarketing, fiz fisioterapia durante muito tempo para aliviar a dor, a empresa que trabalhei sabia do problema porem me demitiu dizendo que eu não estava doente pois não colocava atestado, fiz acordo com supervisor para não impactar nos resultados da equipe e também nos meus, trocava de horário com colegas em todas as datas de fisioterapia, poderia mesmo ser demitida por não colocar atestado mesmo estando doente? OBS: trabalhei durante 3,8 meses.de 19/06/2012 a 17/02/2016.
eligia - 02/03/2016 11:02
eligia_80@hotmail.com
Nossa eu acredito q minha situação piorou pois quando senti dores há dois anos eram menores agora doi Muito. Com frequencia me impee de fazer qualquer serviço em meu lar perdi as forças q eu tinha antes
Elaine Cristina De Miranda - 02/03/2016 00:09
elaine-lv@hotmail.com
Eu trabalho á 4 ANOS E 3 MESES NUMA CLINICA COMO AUXILIAR ODONTOLOGICO , E FICO O DIA TODO EM PÊ DEVIDO FICAR MUITO DE CABEÇA BAIXA LAVANDO E SELANDO MATERIAL. ESTOU SENTINDO MUITA DOR NO OMBRO DIREIRO NOCOTOVELO E NO BRAÇO O MEDICO ME DIAGUINOSTICOU COMO TENDINITE OQUE DEVO FAZER ESTOU SENTINDO FRAQUEZA NO BRAÇO.
eligia - 01/03/2016 22:35
eligia_80@hotmail.com
Temos que correr atrás dos nossos direitos só nós sabemos o que sentimos ainda tem médicos peritos que pensam que estamos com moleza era bom que eles ficassem com tendinite em todo o corpo pra saber o que bom.
eligia - 01/03/2016 22:32
eligia_80@hotmail.com
Nossa eu acredito q minha situação piorou pois quando senti dores há dois anos eram menores agora doi Muito. Com frequencia me impee de fazer qualquer serviço em meu lar perdi as forças q eu tinha antes
ewerton cristiano dos santos - 01/03/2016 10:57
ewerton.chiclets@outlook.com
tenho duas hernias de disco sendo uma protusa e a outra extrusa,tendinite nos dois ombros 2 bico de papagaio e artrose na coluna ,artrite nas maos artrose no joelho e muita dor nos pes e perca das forças nas maos e formigamento ,sera que eu consigo me encostar, pois o meu servico e de coqueador ,sacos de 50 quilos o dia todo e o ano todo nao aguento mais as dores
luis carlos - 19/02/2016 12:09
luiskarloslk@gmail.com
Eu trabalho dirigindo a vida toda,so que venho sentindo dores nos ombro e agora estou sentindo dores na coluna. Ta dificil de tocar.o que fazer?
sheila - 13/02/2016 13:59
sheila.tonet@hotmail.com
eu trabalhei por 3 anos na empresa tim ,cadastrava chip o tempo todo chegava ate doer as maos, fui demitida em abriu do ano passado, e as minhas dores começaram em setembro, medico fez exames que acusaram epicondilite lateral esquerdo e direito, e sindrome do carpo.. estao~investigando qual reralmente é..estou limitada de movimentos e dores profundas tendo que toda semana ser medicada em pronto socorro via injecoes,,segundo os medicos isso e de trabalho com movimentos repetitivos..quero saber que peovidencias posso tomar e ou se posso me aposentar, mesmo não estando mais trabalhando, pois tenho que fazer uma cirurgia no punho pra melhorar as dores, pode me esclarecer...tenho 46 anos..
marilia - 29/01/2016 23:05
gabrielagrb@hotmail.com
oi.minha mãe tem problema de coluna e esta com trambose,ela trabalha com carteira assinada,gostaria de saber não o que ela pode fazer para ficar encostada,pois ela foi na médico e ele deu 15 dias de atestado e disse que ela não poderia mais trabalhar.
solange de souza figueiredo - 26/01/2016 08:42
solangefigueiredo87@live.com
TENHO TRES HERNIA DE DISCOS NA VERTICAL E NA HORIZONTAL E ESTOU AFASTADA DO TRABALHO JA HA UM ANO SERA Q POSSO ME APOSENTAR COM MENOS DE 40 ANOS GOSTARIA Q ME RESPONDECEM PORFAVOR.. Solange V precisa consultar a Previdencia, Sindicato fpi feito p ajudar os empregados. Consulte-os Grato Osny T Orselli
Ana Paula - 14/01/2016 16:03
Boa tarde! Fui demitida, porém adiquiri tendinite na empresa, não tenho laudo que comprove e nem exames, mas tenho guias que os médicos me davam para fazer o tratamento! Se eu for dar entrada na justiça, isso servirar como prova? Sim fiz o exame demissional e o médico da empresa disse q eu posso execer qualquer função, mas eu não consigo nem fechar o sutiã, nem levantar o braço direito demais, mtas vezes perco a força do braço!
Cristina - 03/01/2016 14:40
Boa tarde, trabalho em um frigorífico a 7 meses mas 3 meses após começar a trabalhar comecei com dores nos ombros as vezes no cotovelo direito e uma dor estranha que começa em um dos dedos da mão direita e vai subindo até o cotovelo. E o ombro esquerdo está com um caroço onde uni o ombro e um dor que parece que desse tipo linhas finas de dor e uma dor concentrada dentro do ombro. As vezes fica difícil até de pendurar roupas ou ficar segurando o celular por exemplo. Fiquei deste 7 meses 5 meses pegando muito peso para passar na vaco reclamei com o encarregado ele disse que meu serviço não causa dor. Hoje mudei de horário e trabalho de dia o serviço é mais leve mas continua sendo muito repetitivo e continuo sentindo dores. Meu encarregado me alertou que de dia eu não posso ficar levando atestado se não posso ser dispensada. Não sei o que fazer.
maria cicera - 02/01/2016 15:55
Ola! Tenho desvio na coluna, bico de papagaio, e tendinite nos punhos e ombro, será que consigo ficar assegurada pelo inss? Pois trabalho em um call center a mais de 2anos e sinto muitas dores tanto na coluna como também pela tendinite.
Arlete de sousa - 02/12/2015 20:00
sentia dores no ante braço e ficava com a junta inchada fiz um exame e deu ler , depois esta dor subiu para o ombro e a dor aumentou ,sinto muita dores nas costas fiz exame e deu bursite no quabril,e muito desconfortável , queria saber se cosigo aposentar ...
Tatiana - 24/11/2015 13:44
fiz uma artrodese lombar com 4 parafusos e espansor,trabalho como promotora de vendas carregando paletes com +- 600 kg,enfim mau consigo varrer minha casa,e tenho dores e a cada dia tem aumentado,faço uso de remédios e é horrivel,será que tenho direito a aposentadoria? Alguém pode me ajudar com essa duvida.
Rogerio - 11/11/2015 03:33
Tenho artrose joelho esquerdo e tornozelo e esporão tambem, tendinite adquirida no trabalho. Com sete anos empresa fui demitido comm 51 anos. O que fazer, pois temho exames que comprovam.
DALVA PEREIRA PINTO FERREIRA - 05/11/2015 15:26
Sou professora mais ou menos 26,27 anos.Tenho 2 cargos .Estou com tendinite no supra-espinhoso,escapular.após 3 anos afastada,fui liberada para trabalhar a partir de 5/11/2015.Estou com sopro no coração,nodulos mamários,resultado de biopsia sugerindo retirada,Sou hipertensa,portadora de um unico rim(motivo doaçao.existe amparo.Oriente me por favor.já fiz cirurgia tunel do carpo também mão direita.
Maria de Lourdes lima - 10/10/2015 17:05
limalourdes945@gmail.com
Estou com tendinite e bursite nos dois braços.e com problema cardíaco. Vou fazer um cateterismo dia 14 de outubro.
Ana Ramos - 20/09/2015 14:44
Olá!! Tenho tenopatia nos ombros,bursite,bico de papagaio e atrose e esporão como devo agir perante meus direitos
ROSE - 10/09/2015 13:37
roseanelaiane@gmail.com
Meu marido e pedreiro com exposição ao sol tem direito a aposentadoria por vitiligo?
luiz - 04/09/2015 19:33
deimes_borges@hotmail.com
Qual o direito do trabalhador na area da construção civil quando si acidenta e causa uma lesão na coluna lonbar ou cirvical e a impressa vende um seguro de vida desta forma si caso o funcionario si acidentar a impressa junto com o seguro o funcionario tem total atendimemto com hospital em gerale atemesmo os exmemedico seria porcomta da impressa junto com a seguradora e ate o salario si caso o funcionario ficasse afastado pelo inss ele receberia o salario normalmenente pela a impressa e agora que eu estou precisando a impressa esta negando o atendimento em tudo e ai o que fazer ? Desde ja agradeço si tirar as minhas duvida obrigado
Maria - 01/09/2015 10:22
Mariarosangella@Gmail.com
Eu estou afastada do emprego já um bom tempo É msm assim continua as dores e aumentaram mais Não sei mais oque fazer esse tipo de doenças deveria ter cura so quem passa por isso q sabe a dor q sente Nossas mãos braços são tudo em nossas vidas Sentir dores e muito ruim Eu dava uma produção muito boa Eu sempre fui profissional Deixei minhas dores e meu problema pra trad com muito medo de perder o trabalho hoje eu estou passando por isso Muitas dores muitas mesmo meus braços dói muito e ficam enchados É ficam cansados e furmingao Não consigo nem pentear meus cabelos Até no banho fica difícil pra mim o inss deveriamvrever essas leis pois não procuramos isso e o nossos sustento q falam mais alto É o medo de perdemos os nossos trabalhos Por isso acontecem essas enfermidades
eligia - 29/08/2015 20:11
parece com minha história, tenho sofrido intensamente com este problema nas maos, pes e coluna há mais de ano e ainda tive beneficio negado, mais lutarei por meus direitos.
Tatiana Jesus da Silva - 28/08/2015 09:43
tatyjoamor@gmail.com
Estou com tendinite, epicondilite e bursite no braço esquerdo e o INSS negou o benefício mesmo com laudo e usg. Sinto muita dor e não consigo fazer as tarefas de casa direito. O que faço.
marivete berghahn - 25/08/2015 13:37
marivete_84@hotmail.com
eu sofro de fibriolmogia ja a 10 anos e tenho febre reumatica e sofro de depressaoa ja tentei me matar ja varias vezes estou incapacitado de trabalhar mas a inss me nega uma pensao entrei via justiça agora estou esperando me chamarem e ver o que da
rozimeri fabiano dias colleti - 25/08/2015 11:43
boa tarde tenho fortes dores na coluna lombar efibriomalgia trabalhava como operaradora demaquina textil meumedico me afastou por tempo indeterminado mas o inss nega o pedido de aux doenca ja ganhei a causa ns justica mas nao tenho nenhum retorno
leila - 07/07/2015 08:42
estava a dois meses trabalhando como operadora de caixa comecei a sentir uma dor insuportavel no cotovelo nao conseguia nem puxar a mercadoria o ortopedista diagnosticou como epicondilite e possivel com tao pouco tempo de servico?
Cremilda Balduino da Silva - 29/06/2015 16:09
cresb.2012@hotmail.com
EXISTE ALGUMA TÉCNICA DE MASSOTERAPIA PARA ESTE TRATAMENTO, DOENÇAS LER DE SERVIÇOS REPETITIVO POR CAUSA DO TRABALHO? PARA AS MÃOS E PÊS?AGUARDO RESPOSTA OBG.
sueli padilha da silva nogueira - 25/06/2015 13:39
suelipadilha78@hotmail.com
fui mandada embora doente com bursite. tendinopatia supra espinhol espicondilite lateral abri uma açao judicial mais fui obrigada faze acordo por causa de pericia diz que ligaram pra mim mais nao ligaram nao tinha nem uma ligaçao restrita no meu celular só ganhei 500 reais ea ainda tive que da 30/ dos 500 reis nao recebi seguro desempregro nem fundo de garantia ate agora ja deram bai xa na minha carteira estou correndo atras do auxilio doença marquei pericia agora sera que estou fazendo certo foi a empresa que deu nao foi a justiça acho se eu nao corre atras vou perde tudo convardia o que fizeram comigo
alessandro pires de laia - 25/06/2015 07:19
alessandro.laia@hotmail.com
gostaria de saber e tirar á segunte duvida trabalho numa empresa portuária,so que entrei tinha uma platina,so que entao fazendo um determinado trabalho fisico mi machuquei no punho lado direito onde tenho á platina fiz uma cirurgia no punho lado direito e fiquei com uma sequela com uma limitaçao do punho
Rogerio - 14/06/2015 12:01
rogerfrade@hotmail.com
Help meu Deus meus ombros doem mto,sou cabeleireiro.Não posso parar de trabalhar o que faço?
terezinha mauricio dos santos - 13/06/2015 11:38
tenho esteofito na cervical na dorsal na lombar e ainda sofro com a fibrimialgia estou desempregada o inss nunca me deu aux arrumei um servisso mesmo sem poder o medico do trabalho deu inapta e agora oque eu vou faser pra compra os meus remedios tomo cymbalta floxetina em gotas lozartana para controlar a pressao omeprazol tenho gastrite cronica e ag oque eu fasso pra arrumar dinheiro
thiago - 04/04/2015 10:24
Fui diagnósticado no exame de ultrassom com bursite subacromio bilateral e tendiopatia do supraespinhal bilateral, e o medico não me Afasto para fazer um tratamento e estou fazendo minha mesma função na empresa operador de torno CNC linha de produção . O q fazer? Estou com medo de me mandarem embora e ficar com o problema encostado em casa sem receber?
Rildo - 03/04/2015 18:31
rildovieira.rvc@gmail.com
EU tenho Ler Dort e o inss me reprovol na pericia apos EU ja ter ficado a 4 meses afastado e aindo sofro muito com as dores e deichei um atestado na enpresa de 60 dias e eles recusarao o meu atestado o que fasso se nao do conta de trabalha?
rosalia - 13/03/2015 13:56
rosalia.sabordemel@hotmail .com
Fiz uma cirurgia da coluna e tenho uma placa e quatro parafusos ,e agora descobri. que Tenho fibromialgia e gostaria de saber se com essa doença,posso me afastar e ficar no INSS?
claudinei rodrigues - 19/02/2015 11:37
claudineir-odrigues@bol.com.br
Fiz três cirurgia no ombro duas no direito faz dois anos e quatro meses e mandarão pra reabilitação proficional do INSS o que vai e cinto muitas dores o que vai acontecer agora tenho 29 anos
sonia maria de jesus - 27/01/2015 07:45
soniaecaio@hotmail.com
oi,estou com hernia discal na l5 s1,descobri ontem que estou com tendinopatia supra espinhal direito,epicondilite lateral nos cotovelos direito e esquerdo ,tendinopatia no quarto túnel do punho direito.o ortopedista disse que isso não é nada e falou que o meu caso é depressão,me receitou um remédio chamado fluoxetina pra uso continuo e nem um antiinflamatório,gostaria muito de saber o que fazer com relação a esse assunto e se esses problemas relatados realmente não são nada,pois sinto muita dor.
Edna - 22/01/2015 18:23
edna.euzinha@gmail.com
Oi,estou com bursite no ombro direito no braço d.e na mão d.Sinto muito for ao digitar,escreve até pra lavar uma louça. Trabalho de assistente administrativa.Neste caso será que posso me afastar do serviço? Obrigada..
niomara piletti pagliarini - 15/01/2015 15:29
npiletti@bol.com.br
oi fui diagnosticada ontem após fazer uma ecografia no meu ombro direito que estou com bursite,não consigo trabalhar pq a dor é muito forte sera q consigo me encostar só vou poder mostrar o exame dia 27 pro ortopedista o q faço até la se trabalhar não consigo,trabalho de repositora em um supermercado.
Rita de Fatima Rodrigues Pereira - 08/01/2015 15:00
julia.wictoria@yahoo.com.br
oi tb tenho bursite no ombro esquerdo sinto dores fortes quando escrevo ou tenho que fazer algum tipo de movimentos repetitivos como cortar uma cebola descascar uma laranja ou uma maçã se tornou um tomento pra mim legumes então não posso nem pensar em pica-los se fizer isso incha visivelmente e doi mais doi demais os cotovelos então nem se fala fiquei afastada por 2 anos no INSS só que ficaram comigo só 3 meses eles me davam alta e o medico do trabalho não me liberava para voltar pra empresa até que fiz acordo com a empresa abri mão do INSS tinha dois filhos pequenos para sustentar não podia me dar ao luxo de ser tratada igual lixo um joga pra outro pra cá é assim que é o INSS agora sofro muito com minhas dores e nenhuma empresa me contrata não sei mais o que fazer
alessandra - 29/10/2014 19:02
alecdy34@gmail.com
Oi boa noite, eu tenho hernia discal na l5 s1 e tmb tenho tentinite no ombro punho e dedos esquerdo, o inss me negou por duas vezes na pericia, agora esta na justiça e ja tenho audiencia marcada. Sera que isso é caso de aposentadoria? Trabalho telemarketing vendas pela internet.
socorro - 18/09/2014 13:03
fize uma cirugia dos trendoes ainda doi
MARCIO ANDRE RODRIGUES - 10/09/2014 10:56
boa tarde . sou operador de empilhadeira ,fiz uma cirurgia para a retirada de um lipoma intraóseeo no tornozelo esquerdo e desde então não posso mais dirigir automoveis com cambio manual só automatico tenho direito a aposentadoria ?
Daniela - 21/08/2014 18:42
silva_daniela.cruz@yahoo.com.br
Sou operadora de telemarketing, fiz uma ressonância estou com tendinite e bursite no ombro direito, levei o atestado de 15 dias pré afastamento. A empresa considera como auxílio doença e não doença ocupacional como devo proceder. O sindicato da empresa pode me auxiliar?
Sônia Eleonora Nascimento Cunha - 14/08/2014 22:40
sonia.cunha49@hotmail.com
eu fiz dua cirurgia na mão esquerda e direita de tunel de carpo só que fiquei com sequela a minha mão direta não abre direito e não posso pegar coisas pesada que doi muito e voltou adormecer e a esquerda estou com fibrose e também doi muito e eu quero saber se posso me aposentar desde já obrigada pela resposta. Olá Sônia. Grato, tudo depende. Vá em sua agência da Previdência e faça uma perícia. V está no Brasil não esqueça..... Osny Telles Orselli
valdemir Capeluppi - 05/08/2014 21:28
valdemircapeluppi@hotmail.com
Tenho tendinite e bursite no ombro esquerdo devido o ritmo de trabalho tenho uma ressonância que consta isto no laudo.pois fui demitido tenho quais direitos sendo que tenho a CAT aberta pelo sindicato e protocolada no ministério do trabalho.Indenização ou retorno ao trabalho em que vc pode me ajudar desde já muito grato.
luciano - 04/08/2014 17:58
lucianodossk@hotmail.com
gostaria de saber c hérnia de disco lombar extrusa pode piorar c o trabalho na empresa tiver que fazer esforço físico e c o inss afasta por um tempo
Sonia Regina de Amorim - 30/07/2014 09:16
Eu tenho tendinopatia. Sinto dores muito fortes e naõ consigo trabalhar. Gostaria de saber se essa doença pode se aposentar. Cara Sonia Depende: Faça pericia. Vá a um medico e peça a ele escrever o diagnóstico.
silviaroque - 29/07/2014 08:49
silviahelenaroque@hotmail.com
Gostaria de saber que medico devo procurar, minhas enformigam demais e a noite e mais ainda... Procure um clinico geral de inicio. Ela vai avaliar e encaminhar
severiano cardoso - 30/06/2014 09:07
cardosinhosevero@gmail.com
Fiz artrodese lombar, com colocação de 04 Parafusos,02 extrusores e 02 cordas, L5 e S1. Hérnia Cervical eToráxica,Tendinite Bilateral, Síndrome do túnel do carpo moderada bilateral, Bursite e outra hèrnia abaixo da cirurgia que me submeti, Tudo isso devido ao trabalho em linha de produçaõ em empresa automotiva, fui reabilitado na empresa pelo INSS e certificado. Mesmo quebrando acordo coletivo fui demitido. Agora não consigo emprego e o INSS nega meu benefício, mesmo com exames e relatórios médicos, me sinto enganado pela instituição INSS, que numca foi a empresa para acompanhar a minha reabilitação, tanto que no meu certificado diz a empresa que fez a reabilitação mas não diz qual a função. Isso é uma vergonha.
Tamara Souza Bomfim - 24/05/2014 18:27
tamarabomffim@hotmail.com
boa noite tenho 24 anos, tenho bursite e tendinite nos dois ombros, ja fiz fisioterapia, ja tomei varias medicações e nao obtive melhora. eu gostaria de saber meu caso e considerado como ler
vitarli raimir da silva - 01/04/2014 09:54
Bom dia stou sofrendo ja a muito tempo com fortes dores nas articulaçoes, e todos os medicos dizem que é frimioalgia. Passei por cirurgia a poucos meses nos dois punhos com tunel do carpo, e ainda sinto muitas dores. Tenho hernis de disco disco artrose, desgeneração os dois joelhos, tendinite nos tornozelos e dendinite nos ombros. Pergunto:tenho direitos a me aposentar, ja contribui com inss por mais e vinte anos, e agora não dou mais conta de trabalhar, por favor me ajudem...
zania marta - 22/03/2014 11:47
Descobri recentemente,que sou portadora da fibromialgia,e em uma bateria de exames para confirmação da mesma fui diagnosticada também com tendinite e bursite no ombro direito,também forte depressão,tenho dois filhos,sendo um especial,portador de anóxia perinatal grave,e uma com tac-cardia emocional,sou separada,já passei dos quarenta anos de idade, não tenho estudo suficiente minha profissão e de auxiliar de açougue a mais de cinco anos,não consigo mais exercer minhas funções pois as dores são muito intensas,estou afastada a quinze dias vou tentar o auxilio doença,recebo insalubridade,esse seguro poderá me ajudara como? se puderem me ajudar,por favor,aguardo resposta.obrigada!
ANA - 07/03/2014 17:55
paulaaraujo.richard@gmail.com
ola tenho hipotireodismo,doença da tireoide a medica me falo q tenho q me tratar o resto da vida e sinto muitas dores tenho algum direito de me aposentar antes do tempo de serviço determinado? pois sou tec de enfermagem trabalho como acompanhante de idosos e esta cada dia mais dificil trabalhar assim.
geralda .c.oliveira - 04/10/2013 13:49
lauda.c.oliveyra1961@live.com
sou uma jovem de 53 anos,tenho ler e não consigo mais trabalhar como trabalhava antes sinto muitas dormência ,choques e dores muito fortes nas mãos, tenho também fibromialgia,quero saber se consigo me aposentar com esses problemas. Obrigado.
Priscila florencio dos santos - 01/10/2013 08:50
bomdia tenho 31 anos gostaria de saber se consigo me aposentar pois tenho tendinite e bursite nois dois bracos aguardo resp obrigada
edilene oliveira brito - 05/08/2013 17:11
biagirl_ht@hotmail.com
tenho tendiniti e ihaço no punho e sofro com as dores moro em jequie e tenho carteira asinada e tenho laudos e eles nao mim afasta mimajude
Mariaizabel santos - 21/02/2013 20:15
Mariaizabel650@hotmail.com
Eu tenho lesão por esforço repetitivo mas me passam remédios para tendinite
Mariaizabel santos - 21/02/2013 20:00
Oi trabalhei até os 29 anos em casa d família e a minha carteira só foi assinada por um ano e aos 28 anos sofro d dores constante pelo corpo todo as vezes dores e acompanhada d muita febre comecei a trabalha com secador a 10ano e ao mesmo tempo começou um formigamento no braço esquerdo dos dedos até o ombro fui aguentado até q cheguei no meu limite hoje a dor toma conta do tórax d lado esquerdo não tenho mais forças p trabalhar hoje moro na área rural não consigo fazer quase nada e os médicos só me passam remédio p tendinite não fazem mais efeito tenho 5 filhos sou separada e tenho doença de chagas no sangue pressão alta como posso trabalhar nas roça será q tenho direito pelo menos em um auxílio doença me ajude por favor
Raquel - 28/11/2012 05:25
reiquel18@hotmail.com
LER ...acho que posso estar no principio de LER na mão direita.....
Narciso Sant´ana Neto - 15/06/2012 10:02
n.santana.neto@bol.com.br
Excelente
joanice sousa - 13/05/2012 08:25
josousa77@hotmail.com
tenho bursite grau leve tenho direito ao benificio do inss
jose valdir - 08/05/2012 09:32
BLANCAO_@HOTMAIL.COM
sou caminhoneiro, estou com todos os sintomas mençionados acima , lesao no tendao bursite severa maos dormentes mas os medicos do sus nao me encostam nao aguento dirigir mais caminhoes.
tania - 19/04/2012 15:32
taniamarcia20@hotmail.com
sinto muitas dores nos dedos da mao esquerda e mais na direita fui recuzada pelo perito no inss ele disse que nao tenho nada nos braços mas foi comprovada tendinite derrame articular e sinovite nos ombros e no cotovelo ja fiz cirurgia do tunel do carpo mas to sem intender e ja vou novamente a trabalhar pois minha pericia foi negada e meu trabalho e auxiliar de costura pois preciso de uma resposta
Celia Silva Rodrigues - 05/04/2012 21:34
celiasilvarodrigues@hotmail.com
Boa noite a mais ou menos tres anos venho me queixando de dor nós ombros e nos braços ao escrever, estou fazendo tratamento e atraves de exames de RSM e Tomografia descobriram que tenho protucoes discais na cervical, osteofitos na cervical e na regiao lombar , não tenho força nos braços estou parada com pericia e que pode ser isto na realidade me ajude a entender.
Claudinéia cruz da silva - 27/12/2011 17:49
claudia123420@hotmail.com
descobrir ha dois anos que tenho bursite e tendinite no braço direito e no esquerdo tenho bursite trabalhava como auxiliar de corte e costura tentei o afastamento pelo o inss e fui negada por duas vezes,bom si sinto fortes dores não estou aguentando trabalhar e os peritos ao examinarem os laudos e os exames mesmo eles vendo porque eles não concedem o beneficio mesmo sabendo da doença?
maria paula de assunção - 19/12/2011 16:25
há mais ou menos 10 dias,tenho sentido um formigamento na mão esquerda;começa nos 4 dedos e segue até embaixo do braço.o dedo polegar está sem o problema.só melhora,quando eu exercito bem mão e braço. isso acontece muitas vezez ao dia,já estou ficando irritada com isso.obrigada por tudo Grato pelo e mail Pois é!! É assim que começa Ainmda há tempo para reverter Abraços Osny T Orselli
lucineide - 24/11/2011 20:38
sinto dores nas mao nos dedos bem nas juntas
christiane - 14/11/2011 00:22
Comecei a algum tempo sentir um leve formigamento nas pontas dos dedos... Depois meu dedo minimo, agora região abaixo dele... Quando uso muito o computador o formigamento se estende e sinto os dedos e as mãos travarem um pouco... dor leve... isso na mão esquerda... Ola Christiane Grato pelo e mail Vá visitar seu médico. Só ele poderá avaliar seus sintomas se realmente musculoesqulpeticos, uma LER, por exemplo, ou uma outra doença. OU nada. Quanto mais cedo, melhor e faça a ginástica do Gato. Abraços Osny T Orselli
cecilia - 24/08/2011 20:09
masrdj_50@yahoo.com.br
240/8/2011.Tenho tudo ler/dort.cirurgia da coluna cervical 2pinos e uma alça,picos de papagaio,ernia lombar,fibromialgia dores poi todo corpo, em 1996,assim que os medicos da empresa constatou a ler na época eles que me afastou e reconheceu. em 2005, ssai de licença por acravar tudo e nesta por descuido da propia empresa e falta de informação e de conhecimento (logico que faziam questão disto)assim fica mas facil para nos manipular e fazermos o que quizerem.Bom mesmo assim o INSS,não me concedeu aposentadoria,sendo que toda documentação prova todas estas deficiencias tive que entrar com processo e nada ainda simplesmente os peritos não reconhece. Quando aprendi alguns direito que no proprio livro INSS, que isto é im seguro de direito do cidadão que paga na hora em que precisamos deste direito pago não temos se é meu por que não tive direito de usufluir deste? E ainda a empresa tirou meu convenio.Cade meus direitos se pago meus impostos em triplicidade INSS,SUS,Escolas etc.Por que sera que alguem pode me respoder. Ja fiz de tudo ate denuncia no ministerio publico e nada,tenho que pagar convenio se quero me manter viva.Alguem pode me respoder por favor?Meu caso inteiro foi acidente de trabalho reconhecido pela empresa,por que o INSS não me aposentou? Não paguei 2 anos de INSS, foram mas de 30anos. Cara Cecilia Grato pelo e mail Seu desabafo é igual a muitas pessoas, um verdadeiro exército. cadê o seu e os sindicatos ? Cadê o Governo que trabalha pelo social ? Nossa força é o voto. Abraços Osny Telles Orselli
sandra crystyna - 22/08/2011 10:08
tenho dores fortes nos braços e maos tbem .e pernas nao consigo descobri o diagnostico podem mi ajudar agradeço bjos sandra Cara Sandra: Um médico especialista, ortopédico pode lhe ajudar. Se estiver em S Paulo, podemos indicar. Precisa ver rápido. Abraços Osny Telles Orselli
Consuelo - 17/03/2011 12:05
Sou funcionaria Publica Municipal desde 1985, no cargo de escriturária, adquiri ler nos tendões (epicondilite bilateral) nos dois braços. Em 2006 operei o braço direito, em 2007 operei o braço esquerdo, não melhorando passeis por + de 100 seçoes de fisioterapia, não obitive bom resultado, fiz infiltração com corticóide onde adiquiri uma temenda alergia (coceira pelo corpo até ferir), não consegui aposentadoria. Voltei ao trabalho, hoje tenho alem da lesão, hérnia de disco L4,L5 e S1 na coluna lombar e na coluna cervical. Trabalho todos os dias a base de medicamentos manipulados, pois os da farmácia não fazem mais efeitos. Não sei mais o que fazer, o neuro-cirurgiao quer que faço cirurgia, mas, estou com medo. Estou com 46 anos de idade.
suedy alves - 02/02/2011 19:47
eu ja operei minhas duas mãos, mas a dor ficou insuportavel,eu estou com depressao nenhum medico me afasta,eu trabalho com muita dor o dia todo,a noite minhas maos formigam,meus ombros doem muito,,eu nao consigo ficar mais que dez minutos com meu nene no colo,pois predi a força,alguem me ajude,isso ja faz quatro anos que eu aguento,mas to vendo que estou perdendo a capacidade de fazer coisas simples.tenho 36 anos
Elaine - 29/09/2010 16:16
lan.campos@hotmail.com
Eu sofro com essas dores tem mais de 2 anos, a empresa que eu trabalho já me mudou de função, estou trabalhando como recepcionista atualmente, mas mesmo assim ainda sinto muitas dores na mão, cotovelo e no ombro esquerdo. Já fiz 50 sessões de fisioterapia, 15 sessões de acupuntura e 2 infiltrações com corticóide, E mesmo assim ainda tenho muita dores, Será que consigo ficar afastada pelo INSS? Ops: eu tenho 26 anos
cristiane soares de souza - 27/09/2010 13:50
cristiane.soaresdesouza200@gmail.com.br
minha irma sofre com esta doença ela nao suporta nem pegar nenhum tipo de peso, e qusnod e tempo de frio as dores pioram bem mais e se tornam insuportaveis, ao ponto de ela nao suportar nada. o inchacho tambem e bastante incomodo ao ponto de ela nao pode usar aliança.
juarez - 03/07/2010 03:06
texto muito bom.
adriana santos - 25/06/2010 14:06
eagoramainha@gmail.com
Boa tade! tenho 31 anos,trabalho ha 7 anos como telemarketing,e quando desinvolvi esta ler,tinha medo de ser demitida mais o medico da empresa informou que nao era nada e o meu reuma solicitou afastamento pois cheguei ao extremo fui socorrida e hoje estou afastas pelo inss. Eu estava estudando para os concursos mais as dores em meus ombros estao cada vez maiores,a minha cabeça doi tanto que parece q alguem esta martelando atraz dela, nao tenho mais paciencia,vivo chorando muito a minha vida mudou da agua para o vinho e as oportunidades de emprego se foram ! gostaria de saber: 1. è verdade que a ler dort não dar direito a carteira de acesso livre;2.o que fazer se ampresa que eu trab. que adquiri a ler pode continuar deixando de pagar o meu INSS_ FGTS mesmo eu tendo o B91, 3.Por favor mem mande sempre informaçoes sobre tudo da doença, leis, emendas, e etc.. OBRIGADO PELO ESPAÇO . CARA ADRIANA GRATO PELO COMENTARIO É ISSO MESMO E A LEI VEIO PARA AJUDAR E PUNIR MAS PARA ISSO VS TEM QUE DENUNCIAR AO MINISTERIO PUBLICO E AO SEU SINDICATO ATENCIOSAMENTE OSNY TELLES ORSELLI
Isaiasks - 12/05/2010 18:37
isaiasks@bol.com.br
Boa tarde!! Olá, como vai? Pelo uso do mause no computador, comecei a sentir dores na mão direita. As vezes quando uso a mão direita ela parece q esta dormente com formigamento e dormencia, o que pode ser? O que tenho que fazer, qual a especialização de médico tenho que procurar? Obrigado, Isaiasks Grato Isaias Você está com os sintomas que a gente, em nossas palestras, diz: A Luz amarela está piscando, pois V está com os sintomas típicos de uma doença musculo esquelética do trabalho sob o nome genérico de LER/ DORT. Deve corrigir sua postura, deve fazer pausas, ginástica do gato, exercicios físicos, etc e procurar um profissional ortopedista e ou uma fisioterapeuta urgente. Vou le enviar textos e artigos para o seu e mail com dicas de prevenção. Abraços Osny T Orselli
rose - 27/03/2010 22:18
sinto muitas dores nos dedos da mao direita tenho 42 anos trabalho de domestica a 30 anos sera que pode ser ler ou trombose sao dores nas juntas nao consigo nem fechar a mao quando passo muita roupa nao consigo segurar uma esponja para lavar louça estou com medo de perder os movimetos dos dedos e mao obrigado Cara Rose Obrigado pelo seu e mail Tudo leva a crer que você tem problemas relativos a uma LER, problemas de coluna em geral. A coluna vertebral é o nosso grande centro e problemas nela podem geral problemas nos dedos das mães e dos pés. Você deveria fazer ginástica, alongamentos, tomar água, Fazer a ginástica do Gato ( está nos dois sites www.mundoergonomia.com.br e www.cmqv.org Vou de enviar no seu e mail alguns exercicios clássicos para V fazer ou melhor, perguntar para o seu fisioterapêuta e ou médico de como fazê-los. Abraços Osny Telles Orselli
Claudinéia - 03/02/2010 15:30
neiagn@yahoo.com.br
Preciso saber se a pessoa portadora da doença Vitiligo tem direito ao beneficio, pois tem uma criança com esse problema, ela não pode sair no sol e a mãe não pode trabalhar para cuidar da filha. Segundo o médico perito, a menor não tem direito ao beneficio. Obrigada!!! Quanto ao VITILIGO: O vitiligo é doença cutânea adquirida, idiopática, caracterizada por máculas branco-nacaradas de diferentes tamanhos e formas com tendência a aumentar centrifugamente de tamanho. Pode acometer todas as raças, ambos os sexos e aparecer em qualquer idade, com média de aparecimento ao redor dos 20 anos. O vitiligo atinge de 0,5 a 2% da população mundial. A prevalência da doença varia consideravelmente entre os diferentes grupos étnicos, sendo estimada em 2% no Japão, 1% nos EUA e 0,14% na Rússia. As mulheres são geralmente mais acometidas do que os homens, porém os estudos mais recentes sugerem prevalência igual para ambos os sexos. Vários fatores têm sido associados à etiopatogenia da doença. Os principais são: - Herança: o fator genético presente é autossômico, dominante ou recessivo e multifatorial, ou seja, com provável participação de vários genes. Aproximadamente 20% dos pacientes com vitiligo têm pelo menos um parente de primeiro grau com a doença. - Auto-imunidade: o vitiligo tem sido considerado doença auto-imune devido à associação positiva com algumas doenças como tireoidites, diabetes mellitus e alopecia areata. Tem sido relatada associação com HLA - DR4; também DW7, DR1, B13, A2, B21, CW6, DR53, A19 e DR52.5,6 - Fatores ambientais: 10 a 76% dos pacientes com vitiligo atribuem a doença a algum fator precipitante. É provável que o estresse, a exposição solar intensa e a exposição a alguns pesticidas atuem como fatores precipitantes da doença em indivíduos geneticamente predispostos. Como você vê, essa patologia não está relacionada a doenças ocupacionais e nem tem um caráter eminentemente especial para uma justificativa do não trabalho da mãe Pessoas com vitiligo tem uma vida normal, não requerendo cuidados especiais, apenas atenção especial a determinadas ações como exposições ao sol. O Vitiligo, em primeira instância, tem sómente caráter estético salvo em casos onde há outros fatores agravantes que não o próprio Vitiligo. (por exemplo, um paciente diabético descompensado com Vitiligo) Quanto a direitos previdenciários (benefícios), de qualquer órgão, quer seja INSS ou outro por causa do Vitiligo nenhum portador tem direito a qualquer benefício, seja auxílio-doença ou aposentadoria, mais ainda sendo de parente, mesmo que em primeiro grau. Não há qualquer respaldo, amparo legal nesta circunstância, uma vez que o Vitiligo é doença, distúrbio, como queira chamar, é tão somente ESTÉTICO. Apesar de emitirmos nosso parecer, sugerimos que você tenha uma confirmação com um especialista jurídico previdenciário pois, somos especialistas na área de saúde e não na área previdenciária. Célia Wada
glaucia - 30/10/2009 16:35
o artigo e muito bom, mais o inss está ficando cada vez pior agora em junho 2009 nao esta encostando ninguem, nem de poblema na coluna nem tendiniti, no geral eu que ja fui la tantas vezes tentar pela tendiniti sei muito bem chega muitos doentes ate de braço engessado nem assim consegue como meu caso. Cara Glaucia Infelizmente o Governo Federal é muita propaganda. Apenas com a propaganda ( V já viu quem patrocina os principais programas de TV, anuncios de página inteira, etc? ) daria para aumentar ou melhor voltar a alguns patamares dos aposentados que viram minguar seus parcos recursos da apodentadoria. Alem disso, muito mal gerenciado os outros recursos. O que V menciona é a verdade: para economizar, o Governo fecha os olhos nos custos aos trabalhadores com acidentes e ou doenças ocupacionais. E, como os sindicatos devem muito favor ao Governo, não espere muita coisa deles. A sua força é o VOTO. Abraços Osny T Orselli
henrique da silva - 16/10/2009 14:12
henrique@santacasa.tche.br
gostaría de saber como faço para adquirir o eliminador de quinas vivas, preço, entrega e como uso preciso para quinas vivas de mesas Att. técnico de segurança do trabalho fone: (51) 96459909 Porto Alegre Ola Henrique. Grato pelo seu contato. Basta voce entrar em contato com a Susana ou a Ariane pelos Tel s 12 3941 7242 ou e mail vendas@mundoergonomia.com.br
Léia - 17/08/2009 11:30
vendas@boxcarbrasil.com.br
Olá,tinha dores no ombro, fiz fisioterapia e foi tratado como boursite, 2 anos atrás, de uns tempos pra cá, sinto as mesmas dores e peso no braço e agora formigamento.O médico disse ser artrite e agora trato como artrite tomando remédios, se paro o remédio volta as dores, o formigamento é constante, com ou sem remédio. Trabalho como auxiliar d vendas operando orkut e msn. Li uma matéria dizendo q esses formigamento é chamado d T4, o q ser afinal ? Abraços!
Mss - 30/03/2009 15:13
Procure um Fisioterapeuta. Abraço!
Wanderlea - 16/02/2009 23:14
Há um ano sinto dores no braço esquerdo. Estou com os movimentos comprometidos. Não consigo levantar o braço, não posso pegar nada, nem abro a porta do carro e de casa. Durmo mal. Sinto peso quando paro os movimentos, precarios. Trtei como tendinite, até engessei o braço. Nada adianta. Quando me exponho ao ar refrigerado, no trabalho, pioram as dores. Para dirigir é um sacrificio. Meu cotovelo está sempre pesado. O médico diz que é artrite. Estou pensando em procurar um especialista. Mas qual?


Ergonomia




 
ATENDIMENTO ONLINE

 

GOLDEN SEAT - PROMOÇÃO
O tradicional Golden Seat mudou...O design do Golden Seat mudou e quem ganha é o cliente ao adquirir as últimas peças da linha....
 

LANÇAMENTO - CADEIRA ATELIÊ
Cadeira Ergonômica para escritório - Linha Golden Premium - modelo ATELIÊ
 

faça suas compras e utilize seu cartão BNDES - fale conosco
 

PRIMEIRA CADEIRA BRASILEIRA
PROJETO ESPECIAL BrasGolden - SAÚDE - Primeira cadeira especial para Biopsia Mamária. Engenharia, sanitária e funcional adequada ás necessidades da paciente.
 

CADEIRA PARA COSTUREIRA
Vamos tirar suas dúvidas sobre CADEIRAS DE COSTUREIRAS - entre e veja...
 

CONHEÇA NOSSA LINHA
Entre e conheça toda nossa linha de Cadeiras Ergonômicas para pesos especiais
 

Linha de Bancos Especiais
Entre e conheça nossos bancos especiais
 

KIT ERGOPET
Veja a importância da Ergonomia nos PET-SHOPS
 

CADEIRAS PARA CHECK OUTS
Adeque seu check out com o Anexo I da NR17
 

Mobiliário para escritórios
mais detalhes...
 

Cadeiras em PU -WDA
Cadeiras inteiramente em poliuretano Integral Skin com ou sem braços, varios mecanismos, várias alturas - veja todas as especificações
 

SINALIZAÇÃO ULTIMA GERAÇÃO

BASTÕES ESPECIAIS COM UM ÚNICO LED COM FIBRA ÓPTICA

 

NR36 E ERGONOMIA EM PAUTA
As razões mais comuns apontadas pela CNTA Afins para o elevado índice de acidentes são a exposição a alterações bruscas de temperatura; a realização de movimentos repetitivos; e as jornadas exaustivas.
 

Pranchetas anti-pânico
saiba especificar sua cadeira
 

Produtos Anti Estáticos

 

COMPONENTES - BASES
Conheça nossas Bases:Pequenas, maiores, de nylon, de aço carbono, aço inox, de aluminio.
 

COMPONENTES - MECANISMOS
Entre e escolha o mecanismo ideal para sua necessidade
 

COMPONENTES: RODIZIOS E PÉS
entre e conheça nossa linha de rodízios, pés, sapatas e deslizadores a sua disposição
 

GINÁSTICA DO GATO

 

ASE - EMPRESA SUSTENTÁVEL
SAIBA QUAIS OS NOSSOS PRECEITOS DE SUSTENTABILIDADE
 

REVISTA NEI
Leia: Mesas e bancadas de alturas reguláveis, atendendo ao anexo II da NR17
Nossas mesas e bancadas foram selecionados pelos consultores técnicos da Revista NEI.
 

NOSSO BATE - PAPO!
Espaço criado para integração e interação - leia, participe e tire suas dúvidas...

VAMOS COMPARTILHAR NOSSAS EXPERIÊNCIAS!

 

Notícias Gerais
Nosso engenheiro agora recebe online estatísicas ocupacionais dos EUA para nossos estudos. Leia em notícias....
 

NOSSO DIFERENCIAL
Conheça nossos diferenciais!
 

GALERIA DE VÍDEOS
Entre e veja nossa Galeria de Vídeos
 

ASE - Sustainability
For full detail click here
 

ARTIGOS DE ERGONOMIA
LEIA ESTES ARTIGOS POIS ERGONOMIA É CONSCIENTIZAÇÃO
 

FAZEMOS PARTE DA CMQV
Conheça nossos serviços, cursos e projetos
 

Acesse nosso Facebook

 

ÉTICA - UM PRINCÍPIO SEM FIM
A BRASGOLDEN - MUNDOERGONOMIA - EMPRESA CIDADÃ - faz parte desse princípio que não pode ter fim!
 

Nenhum item em seu carrinho de compras.

 

Clientes
Login:
Senha: 
Esqueceu a Senha ?
 

Informações
Desejo receber informações e novidades por e-mail.
Nome:
Email:
 


Copyright © 2017 Mundo Ergonomia. Todos os direitos reservados.
Website desenvolvido com tecnologia Super Modular